A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Novembro de 2019

18/10/2019 06:20

Concerto internacional dá play na programação do 5º Festival Mais Cultura

Cidade Universitária será tomada por uma semana inteira de intervenções artísticas

Danielle Valentim
Violinista Véronique Mathieu, é professora da Universidade de Saskatchewan no Canadá. (Foto: Caitlynn Salazar/KANSAN)Violinista Véronique Mathieu, é professora da Universidade de Saskatchewan no Canadá. (Foto: Caitlynn Salazar/KANSAN)
Shah Sadikov é um dos jovens regentes mais motivados de sua geração. (Foto: Divulgação)Shah Sadikov é um dos jovens regentes mais motivados de sua geração. (Foto: Divulgação)

Um concerto internacional dos violinistas VéroniqueMathieu e ShahSadikov abre a programação do 5º Festival Mais Cultura, às 19h30, no Teatro Glauce Rocha. O evento de sete dias contará com mais de 350 intervenções artísticas e culturais. O lançamento acontece nesta noite e a abertura oficial, na próxima segunda-feira (21), às 20h.

A violinista Véronique Mathieu, é professora da Universidade de Saskatchewan no Canadá, e o violista Shah Sadikov, nascido no Usbequistão, é professor da Fort Hays University, nos Estados Unidos.

Na abertura de segunda-feira, se apresentam a Banda Sinfônica da UFMS e a Camerata Madeiras Dedilhadas. Durante sete dias, apresentações de danças, músicas, peças teatrais, exibições de filmes e curtas-metragens, contação de histórias, mostras e exposições de fotografias tomarão conta da cidade universitária.

Neste ano, o Festival Mais Cultura traz uma série de apresentações no Teatro Glauce Rocha, onde se apresentarão os grupos Téssera Companhia de Dança da Universidade Federal do Paraná e o grupo Fluzz de dança urbana.

Além dos tradicionais concertos musicais da UFMS e apresentação da peça teatral Dom Quixote, pelo Grupo Casa, a programação inclui as visitações a monumentos.Além dos tradicionais concertos musicais da UFMS e apresentação da peça teatral Dom Quixote, pelo Grupo Casa, a programação inclui as visitações a monumentos.
Serão sete dias, apresentações de danças, músicas, peças teatrais, exibições de filmes.Serão sete dias, apresentações de danças, músicas, peças teatrais, exibições de filmes.
Entre os dias 22 e 24, a Universidade abre às portas para que alunos do Ensino Fundamental e Médio possam conhecer suas instalações internas.Entre os dias 22 e 24, a Universidade abre às portas para que alunos do Ensino Fundamental e Médio possam conhecer suas instalações internas.

Além disso, o palco do teatro abrigará o 2° Fórum de Regentes de Banda de Mato Grosso do Sul, o Encontro de Coros, a 31ª Noite da Poesia, e o Festival de Música Escolar Morena. Além dos tradicionais concertos musicais da UFMS e apresentação da peça teatral Dom Quixote, pelo Grupo Casa, a programação inclui as visitações aos monumentos históricos da UFMS.

Entre os dias 22 e 24, a Universidade abre às portas para que alunos do Ensino Fundamental e Médio possam conhecer suas instalações internas, como o paliteiro, corredor central e o Estádio Morenão, acompanhados por acadêmicos de arquitetura e turismo.

Para expandir a área de conhecimento e explorar novas potencialidades individuais, também será ofertado mais de 50 oficinas, palestras e minicursos multidisciplinares, gratuitos e abertos a toda comunidade externa.

Serão diversos temas e abordagens, como as oficinas de direção cinematográfica, de escrita criativa, do ensino básico de Técnicas de Aquarela, Photoshop e InDesign no planejamento e oficina do círculo de leitores e texto dramático; e minicursos de produção de texto na universidade, confecção de artefatos líticos e palestra sobre um pequeno passeio pela história da música nos videogames.

Segundo o pró-reitor da Proece, Marcelo Fernandes, o intuito de promover ações artísticas dentro do campus é aproximar a comunidade acadêmica das produções artísticas de Mato Grosso do Sul.
“A ideia do festival é circular a produção artística interna e sensibilizar os cursos que tem menos contato com as artes, a partir dos projetos que desenvolvemos na UFMS. Assim como convidar os nossos parceiros, que também produzem arte aqui na cidade e no estado, e chama-los para se apresentarem aqui dentro”, explica.

O festival é coordenado pela Proece (Pró-reitoria de Extensão, Cultura e Esporte) da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.