ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 16º

Diversão

Em árvore do desejo, criança pede para baixar o preço do Kinder Ovo

Em shopping, árvore chama atenção com desejos pendurados de crianças e adultos

Por Bárbara Cavalcanti | 22/07/2021 08:55
Árvore dos desejos fica na praça de eventos do Shopping Norte Sul Plaza. (Foto: Bárbara Cavalcanti)
Árvore dos desejos fica na praça de eventos do Shopping Norte Sul Plaza. (Foto: Bárbara Cavalcanti)

A árvore dos desejos é um dos componentes que faz parte do festival japonês de Tanabata. Em um papelzinho, as pessoas escrevem seus desejos e os penduram nos galhos da árvore.

No Shopping Norte Sul Plaza, na exposição em homenagem aos 113 anos da imigração, foi colocada uma árvore dos desejos e os pedidos vão desde ter muito dinheiro, a conseguir um namorado e também que o preço do Kinder Ovo seja mais barato.

Pedido dessa criança é que o preço do Kinder Ovo fique mais barato. (Foto: Bárbara Cavalcanti)
Pedido dessa criança é que o preço do Kinder Ovo fique mais barato. (Foto: Bárbara Cavalcanti)

A maioria dos desejos ficaram no anonimato, enquanto alguns mais ousados deixaram perfil do Instagram e até número de telefone. Pelas letras de quem escreveu, dá para imaginar que há desejos de pessoas de várias idades.

De longe, o principal desejo é por dinheiro e que a pandemia acabe. Outro pedido mais frequente é por um namorado ou namorada. Mas há também os específicos, como o pedido por estabilidade emocional ou a aprovação na prova do Detran.

Essa pessoa quer passar na prova do Detran, mas também não esquece do dinheiro. (Foto: Bárbara Cavalcanti)
Essa pessoa quer passar na prova do Detran, mas também não esquece do dinheiro. (Foto: Bárbara Cavalcanti)
Esse desejo pede estabilidade mental. (Foto: Bárbara Cavalcanti)
Esse desejo pede estabilidade mental. (Foto: Bárbara Cavalcanti)
Gabi quer que a pandemia acabe, e também quer ser muito rica e burguesa. (Foto: Bárbara Cavalcanti)
Gabi quer que a pandemia acabe, e também quer ser muito rica e burguesa. (Foto: Bárbara Cavalcanti)

A vendedora Taynara da Silva Francisco, de 27 anos, disse ao Lado B que ainda não tinha decidido qual desejo ia deixar na árvore. “Mas eu gostei bastante, é bem diferente”, expressou.

O Festival Tanabata nasceu de uma lenda japonesa que conta uma trágica história de amor. Diz a lenda que Orihime era a filha de um poderoso deus do reino celestial que um dia, diante do seu tear, viu passar um rapaz conduzindo um boi e se apaixonou. O pai dela consentiu com o casamento dos dois, porém, “dominados pela paixão”, ambos passaram a negligenciar as tarefas do dia a dia.

A vendedora Taynara olhando os pedidos. (Foto: Bárbara Cavalcanti)
A vendedora Taynara olhando os pedidos. (Foto: Bárbara Cavalcanti)

Assim, o pai ordenou que eles vivessem separados, um de cada lado da Via Láctea. Eles poderiam se encontrar apenas uma vez por ano, no sétimo dia do sétimo mês, com a condição de atender todos os pedidos vindos da Terra.

Por isso, aqui no Brasil, as comunidades japonesas decoram as ruas com ramos de bambu, que recebem então decorações coloridas e os papéis com os desejos, os tanzaku.

Helena deixou uma frase motivacional na árvore. (Foto: Bárbara Cavalcanti)
Helena deixou uma frase motivacional na árvore. (Foto: Bárbara Cavalcanti)

A árvore dos desejos é apenas um dos elementos da exposição em homenagem à imigração japonesa, que fica na praça de eventos do Shopping Norte Sul. Até o final de agosto, é possível deixar os desejos na árvore, como também ver vários outros elementos da cultura japonesa.

A exposição vem como adaptação ao tradicional Festival Japão de Norte a Sul, que sempre foi realizado no Shopping até a pandemia. O evento tem participação das associações Nipo e Okinawa.

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário