ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SÁBADO  20    CAMPO GRANDE 30º

Diversão

Ex-deputado famoso por vídeo de refrigerante agora é "Roberto Carlos"

Depois de ser prefeito, deputado e acabar preso, Raul Freixes é uma figuraça interpretando o Rei

Por Ângela Kempfer | 21/02/2024 17:07



O ex-deputado Raul Freixes já fez de tudo um pouco na comunicação. Era ator, virou apresentador de TV, comprou emissora de rádio em Aquidauana... Mas agora o "parque de diversões" dele é a internet. Nas redes sociais, faz cosplay de Roberto Carlos.

O próprio se define como um fã que resolveu homenagear o cantor, mas não como cover. Resolveu ser interprete e o resultado é bem engraçado. Em alguns vídeos, inclusive, ele “contracena" com Lula e Jair Bolsonaro.

Longe da Assembleia Legislativa depois de que foi preso em 2019, condenado por corrupção, ele embarca em uma letra de Roberto, como "fera ferida", que escapou com vida. “Comecei gago, superei um câncer na garganta, virei prefeito de Aquidauana e depois deputado... Vivi muita coisa ruim na política, fui muito maltratado pelos ‘Gigolôs do Gado’ de Mato Grosso do Sul. Então, voltei para minha praia mesmo: a comunicação”, explica.

Ao contrário da política, onde segundo Freixes “foi multo maltratado”, na TV ele ganhou projeção nacional, com vídeo que vira e mexe bomba e já tem mais de 57 milhões de visualizações.

Quando apresentava programa no SBT MS, em 2011, uma competição com beberrões de refrigerante rendeu uma cena indigesta. Por R$ 150, um candidato bebeu guaraná até vomitar. “Impressionante né, como as pessoas gostam de coisas tão nojentas, chulas. A gente faz tudo para produzir algo bacana e o que viraliza é isso”, reclama.

No caminho inverso, atualmente ele diz apresentar ao público um material com afeto, na trilha de Roberto Carlos. “Até recebi uma homenagem do Instagram, por ser o intérprete que mais passa emoção. Não tento imitá-lo. Entrevistei vários sósias e eles tentam falar como ele. Fiz uma interpretação diferente, sério e triste, um pouco deprimido... Mais autêntico”, afirma.

Nas tantas histórias surreais contadas por Raul Freixes, ele não economiza. “A Netflix me procurou e podemos fechar alguma coisa”, garante. Por enquanto, o público é bem menor que do streaming. São 1.340 seguidores no Instagram, plataforma preferida pelo ex-deputado.

Nos siga no Google Notícias