ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, TERÇA  07    CAMPO GRANDE 23º

Diversão

Pela 2ª vez, Deixa Falar é campeã do Carnaval de Campo Grande

Escola desbancou a Vila Carvalho, vencedora no ano passado e que neste ano ficou em 2º lugar

Por Tainá Jara | 26/02/2020 19:30
Momento em que os componentes da escola ouviram o resultado. (Foto: Paulo Francis)
Momento em que os componentes da escola ouviram o resultado. (Foto: Paulo Francis)

A Escola de Samba Deixa Falar é a campeã do Carnaval 2020, em Campo Grande. Com o enredo "Tocando em frente, sou caipira pirapora", a escola desbancou a Vila Carvalho, vencedora no ano passado e que, desta vez, ficou em segundo lugar.

Este é o segundo título da Deixa Falar que, no desfile da última terça-feira (25), homenageou o músico Renato Teixeira na passarela do samba, na Avenida Alfredo Scaff, na Praça do Papa, na Vila Sobrinho.

O compositor desfilou como destaque no último carro. "Foi o ápice do desfile. Meu coração está a mil", afirmou Douglas Marques, secretário e destaque da escola, ao final da apuração.

Em terceiro lugar, ficou a escola Catedráticos do Samba, que desfilou de baixo de chuva. A Unidos da Vila Cruzeiros ficou em quarto, seguida da Cinderela Tradição. Em sexto, ficou a Unidos do Aero Rancho.

Comemoração da vitória, claro, foi com muito samba. (Foto: Paulo Francis)
Comemoração da vitória, claro, foi com muito samba. (Foto: Paulo Francis)

Forte concorrente na avenida, a escola Igrejinha ficou em último lugar. Ela perdeu 38 pontos por atrasar 1h15 para entrar na passarela do samba, além de 1 ponto por desfilar com menos membros do que o considerado adequado.

O regulamento estabelece o desconto de um décimo para cada minuto de atraso, depois de 30 minutos, um ponto por minuto. "A escola entrou exatamente na hora que a segunda escola deveria estar entrando", explicou Eduardo Souza Neto, presidente da Lienca (Liga da Entidades Carnavalescas de Campo Grande).

O atraso, segundo Eduardo, provocou um efeito “cascata” prejudicando outras escolas.

A chuva foi uma das justificativas, no entanto, a escola Catedráticos do Samba, por exemplo, terceira colocada do Carnaval, também desfilou sob chuva água. "Tem que cumprir o regulamento. Vamos tentar melhorar para o próximo ano", afirmou contrariada a presidente da Igrejinha, Marisa Fontoura.

Ela reconhece que as alegorias não foram finalizadas a tempo, porque a chuva atingiu o barracão da escola, o que acabou levando ao atraso.

Os presidentes das sete escolas se reuniram antes de iniciar a apuração para decidir sobre o destino da Igrejinha e definiram pela aplicação do regulamento. Por regra, o último colocado recebe 30% a menos de repasse da verba oficial.

Confira a galeria de imagens do desfile da escola Deixa Falar. 

Confira a Galeria de Imagens: