A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

27/03/2019 09:29

Santo Show é autuada pelo Procon após adiamento do Festeja na Capital

Empresa considera injusta a informação da Superintendência, já que a devolução dos valores dos ingressos ocorre normalmente

Danielle Valentim
Show aconteceria no dia 16 de março. Festa foi adiada devido a logística de dois artistas. (Foto: Divulgação)Show aconteceria no dia 16 de março. Festa foi adiada devido a logística de dois artistas. (Foto: Divulgação)

Consumidores que adquiriram ingressos para o Festeja – adiado por problemas de logística de dois artistas – estariam com dificuldades em reaver valor pago nos ingressos. Por causar prejuízos aos consumidores, o Procon (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) autuou a Santo Show Promoções, responsável pelo evento.

Conforme o Procon, além do Festeja, a empresa tem sido alvo de diversas reclamações de pessoas que adquirem ingressos com intenção de participar de outras promoções e que enfrentam dificuldades para ter o ressarcimento dos valores, quando, por alguma razão, o evento não é realizado.

O caso mais recente, aconteceria no último dia 16 de março, em um hotel tradicional por sediar esse tipo de evento, localizado na avenida Gury Marques.

Como a promoção não ocorreu e não foi decidido se será realizado em outra data, os promotores deram prazo máximo de três dias para as pessoas que se sentiram prejudicadas procurarem, pessoalmente, a devolução dos valores em um dos postos de venda.

Apesar de disponibilizado um endereço eletrônico (www.fasttickets.com.br) e um número de telefone (3025 4006) que seriam para dirimir dúvidas sobre a devolução de valores, as pessoas encontraram um site inoperante e um telefone que não atende. Integrante da fiscalização do Procon Estadual fez várias tentativas de falar no número divulgado e comprovou o fato.

Também foi constatada a desobediência e precariedade de informações sobre a liberação de meia entrada, contrariando o Decreto Federal 8.537/2015 em seu artigo 11 (que trata da concessão da meia entrada em shows culturais).

Procurado pelo Campo Grande News, o empresário Walter Júnior, disse que a Santo Show ainda não foi notificada, mas adianta que considera a autuação injusta. Segundo ele, a devolução dos valores continua acontecendo.

“Achei injusta a ação. Devolvemos e ainda estamos devolvendo os valores, normalmente. Mandamos um funcionário até o Procon e descobrimos que são duas reclamações que não conseguiram a devolução via internet. Mas quero saber quem são, pois devolverei os valores, pessoalmente. Entre devoluções muitas são feitas por depósito bancário, pois tem gente que viaja e tem gente não é da cidade”, disse.

A reportagem, o empresário informou que a Santo Show está analisando uma nova data para o Festeja.

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.