A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

02/12/2017 07:15

No lugar de fralda e presente, Chá de Bençãos é apoio para a mãe antes do parto

Thailla Torres
Chá de Bênçãos, uma celebração para fortalecer e acolher as gestantes nesse momento que antecede a chegada de uma nova vida. (Foto: Paula Cayres)"Chá de Bênçãos", uma celebração para fortalecer e acolher as gestantes nesse momento que antecede a chegada de uma nova vida. (Foto: Paula Cayres)

Uma cerimônia que convida a família à sintonia no nascimento do bebê. Por isso, no lugar dos presentes e das fraldas, muitas mulheres têm recebido o "Chá de Bênçãos", uma celebração para fortalecer e acolher as gestantes no momento que antecede a chegada de uma nova vida.

Ao contrário do chá de bebê tradicional, o Chá de Bençãos é uma cerimônia ritualística que foge dos bens materiais. Cada movimento é feito com sutileza, evidenciando emoções que despertam amor e alegria.

"A celebração é feita de várias maneiras, mas permitindo a liberdade dos pais de proporcionarem diversas atividades que vão trazer boas energias para o bebê. Tem música, dança, pintura e contação de histórias. E  no lugar dos bens materiais, o presente é simbólico, com flores e palavras de otimismo para os pais", descreve Caroline Figueiró, parteira da tradição e terapeuta.

Experiência que foi transformadora para Camila. (Foto: Paula Cayres).Experiência que foi transformadora para Camila. (Foto: Paula Cayres).

A ideia é deixar a gestante mais tranquila e confiante para dar à luz. "E não fazemos só de mulheres, transformamos esse momento para o casal e toda família. Dando apoio emocional, físico e afetivo nessa trajetória até o nascimento. Com objetivo de preencher esse caminho com bençãos".

O conhecimento é milenar e intimamente ligado a natureza, explica a terapeuta. "Vem das raízes tradicionais indígenas, com cerimônias em que há respeito, espiritualidade e celebração da vida. Tem sido usado como forma de trazer apoio antes e depois do nascimento. Isso também ajuda a fomentar o respeito pela vida humana dentro da sociedade".

Na interpretação dela, o ponto alto é a emoção durante a cerimônia. "É bonito porque todas as pessoas se emocionam e começam a compartilhar desse momento. E ali surgem curas emocionais entre famílias, amigos, marido e esposa, através do amor".

Outra atividade distinta é ultrassom natural, onde todos os convidados entram em contato com a barriga da mãe e sentem o coração do bebê bater. "Mostro para todas as pessoas como está a criança dentro da barriga, fazemos desenhos e oferecemos afeto com toda delicadeza que faz parte da cerimônia".

A vivência com mulheres que haviam passado pelo mesmo momento foi transformardor para a empreedora social, Camila Zanetti, abriu mão do consumo no nascimento da segunda filha. "Essa vivência mudou completamente quem eu sou e não tinha dúvidas de que supérfluo não tinha mais lugar na minha vida. Por esta razão fiz o chá de benção, desejando um bom parto, sabedoria, alegria e amor, em um ritual muito bonito", conta.

Diferente do bem material, a cerimônia é para ela um bem sem limite de uso, com experiência que dura para sempre na memória. "Sempre digo que a natureza do nascimento de uma criança é uma experiência familiar e social emocionante. Atua nos níveis mais sutis da alma, onde as vivências se fortalecem, curam e transformam todo mundo. Uma prática milenar que nos leva de encontro ao respeito e amor à vida", completa Caroline.

Convite para a cerimônia. (Foto: Paula Cayres)Convite para a cerimônia. (Foto: Paula Cayres)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.