A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019

29/01/2018 06:10

Transtornos da infância podem vir à tona na volta às aulas; É hora da terapia?

Psicóloga de Terapia Cognitivo-Comportamental que atende crianças e adolescentes fala sobre a volta às aulas.

Post Patrocinado
Início das aulas é sempre um momento complicado para crianças e adolescentes.Início das aulas é sempre um momento complicado para crianças e adolescentes.

Ano letivo começa e os pais já se preparam para um turbilhão de sentimentos que chegam junto com a escola. Se o período causa expectativa aos adultos, imagine às crianças. A integração escola-família é essencial para a vida escolar de crianças e adolescentes, e é exatamente nesse ponto que a psicologia atua.

Nesse caminho, a psicóloga Amanda Montazolli, através da TCC (Terapia Cognitivo-Comportamental), atua em consultório, mediando as relações familiares e escolares, para buscar um melhor desenvolvimento da criança, dentro e fora da sessão

Ela explica que a primeira função do profissional é identificar comportamentos que são característicos dessas fases ou indicativos de tratamento. Pensando nisso, consegue orientar melhor a família e a escola para as necessidades da criança ou adolescente.

Amanda Montazolli aplica no consultório a TCC (Terapia Cognitivo-Comportamental ), com resultados mais rápidos e efetivos.Amanda Montazolli aplica no consultório a TCC (Terapia Cognitivo-Comportamental ), com resultados mais rápidos e efetivos.

Parece óbvio mas é muito comum essa confusão na hora de avaliar os filhos, por isso Amanda da algumas orientações: “É importante perceber se o comportamento é prolongado e a intensidade em que ele ocorre. Outro indicativo é o sofrimento que ele causa na criança/adolescente. O sofrimento, é um sinal de uma possível intervenção” . Alguns desses sinais podem ser a alteração no sono, alteração no apetite, alteração na fala, regressão, irritabilidade.

Para fortalecer a criança emocionalmente, a família deve participar e colaborar com o tratamento, lembra a terapeuta. “O psicólogo funciona como um aliado dos responsáveis e da escola, com intuito de melhorar a qualidade de vida da criança, o trabalho tem que ser em conjunto” explica. 

O trabalho integrado com a escola é outra questão importante, já que muitas questões são levantadas pelos professores, devido ao tempo que o aluno passa na escola e aos limites estabelecidos pelo ambiente escolar

Ao ser questionada sobre aparentar ser bem mais nova e a influência disso no trabalho, Amanda comenta “No começo tive medo de que fosse me atrapalhar, mas acabou sendo o contrário, por parecer uma menina, as crianças e adolescentes vinculam bem mais rápido, tem dado muito certo”.

Durante as sessões, tendo em vista a queixa dos pais/escola, a terapeuta detecta a causa do sofrimento, e usa técnicas para desenvolver junto com o paciente novas habilidades para lidar de forma mais assertiva com as questões trazidas.

“O objetivo da Terapia é promover uma qualidade de vida para a criança ou adolescente, aliviando o sofrimento e trazendo segurança para fases tão importantes do desenvolvimento” conclui a psicóloga.

Amanda também realiza palestras nas escolas, com temas para os pais (regras e limites, alimentação, ajustamento familiar, etc), e para os alunos de acordo com a necessidade de cada turma.

Os pais interessados em uma conversa com Amanda Montazolli podem agendar consulta pelo telefone 99262 3722.

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.