A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Setembro de 2019

10/09/2019 07:42

Em 40 dias, pai e filho reformam varanda de casa para servir de peixe a rabada

Das plantinhas ao piso de tijolinho, tudo foi feito pelos dois para realizar o sonho do pai que sempre amou cozinhar

Thailla Torres
Leandro e o pai Ligevan. (Foto: Marina Pacheco)Leandro e o pai Ligevan. (Foto: Marina Pacheco)

A casa da família no Jardim dos Estados existe há 20 anos, mas foi construída no final do terreno para que sobrasse espaço no quintal. O motivo? O dono fala que sempre amou cozinhar e sonhava ter o próprio negócio na porta de casa para vender comida boa, em bairro nobre, sem cobrar uma fortuna. Assim, ele e o filho reformaram, em 40 dias, a varandinha que agora abre de segunda a sexta para almoços a R$ 19,00, à vontade.

Das plantinhas penduradas na tenda ao tijolinho usado como piso, até a madeira que separa o restaurante da área íntima da casa e as mesas, tudo foi feito pelo cozinheiro e comerciante Ligevan da Silva Moreira, de 48 anos, e o filho e acadêmico de Engenharia Civil Leandro Franzini Moreira.

Comida é servida diariamente na panela de barro. (Foto: Marina Pacheco)Comida é servida diariamente na panela de barro. (Foto: Marina Pacheco)
Salada à vontade. (Foto: Marina Pacheco)Salada à vontade. (Foto: Marina Pacheco)

Depois de 40 dias de “reforma” a casa foi inaugurada como restaurante “Bartimeu”. O nome foi criado a partir de uma brincadeira que surgia na reunião de amigos, conta Ligevan. “Alguns perguntavam quando eu ia abrir um bar que fosse meu que, às vezes, virava ‘bar ti seu’, e eu acabei brincando com o nome”, revela.

Mas independente do nome, os amigos torciam mesmo é para que o lugar fosse transformado em bar ou restaurante, porque talento para cozinha o pai sempre teve, diz o filho. “Meus amigos sempre amaram vir em casa porque meu pai cozinhava. Ele sempre fez comidas muito saborosas e aprendeu tudo com a minha avó, que é uma cozinheira de mão cheia e até hoje produz doces para vender”, diz Leandro.

Leandro faz Engenharia Civil em Konstanz, uma cidade no Sul da Alemanha, e tirou férias só para ajudar o pai na reforma da varanda. “Era um sonho dele e eu fiz questão de fazer parte desse momento. Estou de férias da faculdade e vim para o Brasil ajudá-lo. Volto em outubro”, conta.

Com o esforço do filho, Ligevan que sempre atuou no comércio de roupas pelo Centro, decidiu cozinhar diariamente. “Eu reforço que não estou vendendo luxo aqui no bairro, estou vendendo comida boa, aquela que lembra o tempero da avó e da mãe”, diz.

Restaurante funciona na varanda de uma casa do Jardim dos Estados. (Foto: Marina Pacheco)Restaurante funciona na varanda de uma casa do Jardim dos Estados. (Foto: Marina Pacheco)

Por isso, as guarnições ficam nas panelas de barro e mesa de salada para quem quiser servir à vontade e o prato principal vem na mesa, feito na hora. “Por exemplo, no dia do peixe, para não deixar ele esfriando ali em cima do balcão, eu frito na hora e levo para o cliente. Demora uns minutinhos, mas não há experiência melhor do que comer a carne preparada na hora”.

Cardápio - Segunda ele abre a semana servindo como prato principal o estrogonofe que varia de frango, carne ou berinjela para os vegetarianos. As terças o pedido é de bife a parmegiana e às quartas não falta rabada com polenta. Quinta tem costela bovina frita e sexta é dia de peixe. Aos sábados, como manda a tradição, não pode faltar a feijoada. “Se tirar do cardápio o povo reclama”, diz.

O negócio começou pequeno, há um mês, mas a família já planeja estender o horário e abrir como bar no período da noite. O que chama atenção é o clima tranquilo, embora a rua seja movimentada durante o dia por causa dos prédios comerciais em volta. “Colocamos essas plantas e deixamos um ar mais rústico na decoração justamente pra pessoa se sentir em casa, na varanda da nossa casa e aproveitar um almoço tranquilo, sem aquela correria”.

O restaurante abre de segunda a sexta das 11h às 14h e fica na Rua Alagoas, 557, Jardim dos Estados. 

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

Cada detalhe foi pensado por pai e filho. (Foto: Marina Pacheco)Cada detalhe foi pensado por pai e filho. (Foto: Marina Pacheco)
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.