A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Setembro de 2019

08/09/2019 08:16

Sem açúcar, “Ala, Pinta!” é opção de sobremesa para quem não quer sair da dieta

A confeiteira Thelma Conceição levou o Lado B para a cozinha e mostrou como se faz uma torta com leite condensado sem açúcar

Alana Portela
Torta Ala, pinta! pronta para ser saboreada (Foto: Paulo Francis)Torta "Ala, pinta!" pronta para ser saboreada (Foto: Paulo Francis)

“Ala, Pinta!”, a expressão de surpresa usada pelos ladarenses, nas mão da confeiteira Thelma Conceição ganhou sabor de torta gelada. “Sou de Ladário e lá falam muito ‘Ala’, ‘vôti’, 'Ala, pinta’ e trouxe essa lembrança de infância comigo”, conta.

A receita é com frutas, castanha e leite condensado sem açúcar, para quem tem restrições alimentares. A sobremesa é novidade . Por isso, Thelma levou o Lado B para cozinha.

“Foi criada para participar do concurso de confeitaria que ocorreu em Campo Grande e precisa ser com ingredientes regionais. Coloquei a castanha de baru e a farinha de bocaiúva. As minhas receitas não contêm açúcar, por isso, o leite condensado sem açúcar”, explica a confeiteira.

Para quem gosta de testar as receitinhas em casa, os ingredientes da sobremesa são: 100 gramas de tâmaras, 50 gramas de castanha de baru, 10 gramas de farinha de baru, 1 lata de leite condensado sem açúcar, 35 gramas de farinha de bocaiúva, 5 gramas de ágar-agar (gelatina vegetal), 100 gramas de tamarindo.

Retire as sementes do tamarindo da calda (Foto: Paulo Francis)Retire as sementes do tamarindo da calda (Foto: Paulo Francis)
Na tigela estão as tâmaras e no pote a castanha de baru (Foto: Paulo Francis)Na tigela estão as tâmaras e no pote a castanha de baru (Foto: Paulo Francis)

Comece um dia antes, com os tamarindos. Descasque e coloque numa tigela. Depois cubra com água e deixe de “molho”, até o dia seguinte. Isso vai facilitar a preparação da calda que é usada na finalização da sobremesa e dá aquele gostinho azedo. “Apesar do leite condensado ser sem açúcar, o gosto doce continua e, para não enjoar, tive a ideia de fazer a calda usando a fruta”, explica Thelma.

No outro dia, comece fazendo a base da receita. Retire as sementes das tâmaras, depois coloque num processador e triture até a massa virar uma bolinha. Em seguida, retire as cascas das castanhas de baru e triture no liquidificador. Na sequência, misture a castanha, a fruta, acrescente a farinha de baru e espalhe numa forma.

2ª etapa - Peneire a farinha de bocaiúva e coloque numa panela, adicionando em seguida o leite condensado. Leve ao fogo e aqueça por cinco minutos. O próximo passo é dissolver o ágar-ágar num copo com 100 ml de água e despejar sobre o creme, mexendo com o auxílio de uma espátula.

Em seguida, despeje o creme na mesma forma onde está a massa da tâmara e da castanha de baru. Após, coloque na geladeira e deixe gelar por uma hora.

Calda - Lembre-se do tamarindo que ficou de molho na tigela? Então, esse é o momento que será preparado para virar a calda da sobremesa. Despeje a fruta com água numa panela e leve ao fogo, mexendo até as sementes boiarem. Depois, retire do fogão e peneire para separar as sementes da polpa. Feito isso, coloque no fogo novamente e deixe ferver até a calda ficar consistente e pronto.

Finalização - Após uma hora na geladeira, retire à torta e derrame a calda de tamarindo por cima. Está pronta a sobremesa, é só saborear.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram

 

Thelma da Silva segurando a torta gelada que preparou para o Lado B (Foto: Paulo Francis)Thelma da Silva segurando a torta gelada que preparou para o Lado B (Foto: Paulo Francis)
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.