A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

08/07/2018 07:20

'Spoletto' de universitário vende massa do jeito que cliente escolher a R$ 10,00

Thaís Pimenta
Finalização fica por conta do cliente, que pode adicionar temperos extras, como pimenta, cebolinha e torrada. (foto: Fernando Antunes)Finalização fica por conta do cliente, que pode adicionar temperos extras, como pimenta, cebolinha e torrada. (foto: Fernando Antunes)

Se nos shoppings brasileiros você paga no mínimo R$ 25,00 para montar sua massa na conhecida Spoletto, no restaurante Pasta Toscana, no bairro Universitário, por R$ 10,00 você monta o macarrão dos seus sonhos com até 10 das 24 opções de guarnições disponíveis, com três opções de molhos e três tipos de massa.

Há 1 mês o espaço tem feito sucesso entre os universitários e moradores dos bairros próximos ao Universitário. O negócio era um sonho distante para a família do gerente comercial Jair Cristiano Lenz e da pedagoga Ivanilsa Tavares Lenz.

"Eu trabalhei por 9 anos em uma empresa de Campo Grande quando recebi transferência para outro Estado, fui para o Paraná, perdi aquela vontade de trabalhar na área. Foi uma experiência frustante a da mudança, mas quando voltei, cheguei decidido a mexer com o que me trazia felicidade, que era a gastronomia", diz ele.

A massa pré cozida fica pronta em até cinco minutinhos. (foto: Fernando Antunes)A massa pré cozida fica pronta em até cinco minutinhos. (foto: Fernando Antunes)

O curioso gastronômico sempre gostou de preparar comida italiana em sua casa, dos mais diversos tipos e sabores. O Pasta Toscana, a princípio, ficaria em uma galeria no bairro Pioneiros, mas a negociação não deu foi finalizada. Mal sabia Jair que o ponto escolhido dois meses depois daria mais certo do que o pensado anteriormente.

Na esquina que fica no começo da rua Montese, início da Trindade, onde era a Padoca da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), vagou depois de muitos anos como padaria. E ali, então, Jair viu uma possibilidade bacana de atender o público alvo, os universitários.

"Eles precisam de uma comida rápida, nutritiva, com preço bom. Isso não quer dizer que eles precisam comer só salgados fritos e assados o tempo todo. Foi pensando nisso, nessas pessoas que estão começando suas vidas, a ter sua independência, que eu escolhi este ponto".

Nas guarnições é possível escolher ingredientes simples, como salsicha, até os mais caros, como as alcaparras. Cenoura, palmito, azeitona, cebola, alho, bacon, peito de peru e quatro opções de queijos são algumas das opções dispostas no local.

 

Chipas no café da manhã a R$ 1,00. (Foto: Acervo Pessoal)Chipas no café da manhã a R$ 1,00. (Foto: Acervo Pessoal)
Molho vermelho ou branco? (Foto: Acervo Pessoal)Molho vermelho ou branco? (Foto: Acervo Pessoal)

Já nas massas o cliente pode escolher entre espaguete, fetucchine ou penne. Os dois molhos, branco e vermelho, são receita da casa. "Se o cliente quiser a gente pode fazer um rosê com os dois juntos", completa Jair.

Para finalizar, temperinhos extras, como pimenta, cebolinha, orégano e torrada podem ser servidos a vontade. Em no máximo cinco minutos, a refeição está prontinha para ser consumida!

O restaurante abre suas portas às 7h para poder atender também no café da manhã. Neste primeiro período do dia, chipas a R$ 1,00, café preto e cappuccino fazem as vezes da galera.

A partir das 11h até às 22h o público pode chegar no Pasta Toscana e pedir uma massa, mesmo se for no meio da tarde. "Servimos até fechar. Na hora que der fome pode vir que estaremos prontos".

Para o próximo mês, o restaurante pretender lançar dois pratos fixo, o estrogonofe de frango ou de carne e o nhoque italiano. Nas previsões de Jair, o delivery também já fará parte dos serviços em agosto.

O Pasta Toscana fica na rua Montese com a Joaquim Manoel de Souza. E abre de segunda a sexta-feira, das 7h às 22h. 

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram.

 



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.