ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 10º

Lado Rural

Para evitar pragas, MS adere ao vazio sanitário da soja

Cultivo será suspenso até 15 de setembro para o controle da ferrugem asiática

Por Gustavo Bonotto | 17/06/2024 23:32
Plantação de soja, no interior de Mato Grosso do Sul. (Foto: Saul Schramm/Iagro)
Plantação de soja, no interior de Mato Grosso do Sul. (Foto: Saul Schramm/Iagro)

Com objetivo de prevenir e controlar a propagação de doenças e pragas nas lavouras, Mato Grosso do Sul aderiu ao vazio sanitário da soja nesta semana. Desde sábado (15), está proibido o cultivo, implantação ou presença de plantas vivas de soja em qualquer estágio de crescimento.

De acordo com o Mapa (Ministério da Agricultura e Pecuária), as medidas em vigor serão adotadas até 15 de setembro. Essa medida fitossanitária é uma das mais importantes para o controle da ferrugem asiática da soja. O objetivo é reduzir ao máximo possível o inóculo da doença, minimizando os impactos negativos durante a safra seguinte.

O fungo Phakopsora pachyrhizi, causador da ferrugem asiática, é uma doença que pode ocasionar até 75% de perda da safra e que possui alta capacidade de reprodução e disseminação.

Para a definição das datas, o Mapa considerou as condições climáticas, bem como as sugestões encaminhadas pelos estados. O diretor-presidente da Iagro, Daniel Ingold destacou a importância de cumprir a determinação e obedecer o calendário.

“A tratativa é definida e baseada em resultados de extensivas pesquisas e experimentos realizados por instituições renomadas em nosso Estado. Planejado para otimizar nossas práticas agrícolas e minimizar o risco e o impacto da ferrugem asiática, uma das maiores ameaças à nossa produção de soja”, salientou.

Na safra 2022/2023, o Estado registrou 57 casos de ferrugem asiática, ficando atrás apenas do Paraná, com 83 casos. O Mato Grosso, maior produtor de soja, registrou apenas 16 ocorrências. Em MS, o maior número de casos foi registrado no município de Naviraí, 16.

Receba as principais notícias do Estado no WhatsApp. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nas redes sociais: Facebook, Instagram e TikTok

Nos siga no Google Notícias