A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

29/09/2018 13:33

A um dia do fim, setembro teve menor índice de queimadas dos em 3 anos

Foram registrados 640 focos de incêndio em vegetação até este sábado

Ricardo Campos Jr.
Foco de incêndio no Pantanal em MS (Foto: divulgação)Foco de incêndio no Pantanal em MS (Foto: divulgação)

Falta apenas um dia para o fim de setembro e o mês, que normalmente quebra recordes em números de queimadas, está com o menor índice desde 2014. Segundo informações do sistema de monitoramento do Inpe (Instituto Nacional de Meteorologia), foram registrados 640 focos de incêndio em vegetação até este sábado (29).

Ano passado, a título de comparação, foram 2.084 queimadas e 2016 quebrou o recorde dos oito anos anteriores com 2.292 casos.

No acumulado de 2018 até o momento houve dois mil focos, quase 22 queimadas por semana. Essa quantidade está abaixo da média história registrada pelo Inpe de 6.493. O recorde dos últimos 20 anos foi em 2002, quando houve 14.543 casos de janeiro até dezembro.

Os casos estão diretamente ligados com o calorão e a baixa umidade do ar, que abaixo dos 12% é considerada de nível emergencial. Conforme classificação da meteorologia, o estado é de alerta quando os índices estão abaixo dos 20%.

A Organização Mundial de Saúde estabelece que índices inferiores a 60% não são adequados para a saúde humana.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions