A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019

04/08/2019 14:15

Campanha terá palestras a estudantes para alertar sobre incêndios

As escolas estaduais Teotônio Vilela (Universitária) e Arlindo Lima (Centro) vão receber palestras nesta semana

Leonardo Rocha
Incêndio registrado ontem nos cruzamentos das Ruas Doutor Meirelles e Caxias do Sul, no Bairro Coronel Antonino (Foto: divulgação/Corpo de Bombeiros)Incêndio registrado ontem nos cruzamentos das Ruas Doutor Meirelles e Caxias do Sul, no Bairro Coronel Antonino (Foto: divulgação/Corpo de Bombeiros)

Para alertar sobre os perigos de incêndios em vegetações e terrenos baldios neste mês de agosto, a campanha “Agosto Alaranjado” vai realizar várias ações de conscientização, entre elas blitz ambientais e palestras em escolas. Nesta semana será nas escolas estaduais Teotônio Vilela (Universitária) e Arlindo Lima (Centro).

Com o tema “Onde tem queimada, não tem saúde”, o Comitê Municipal de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais e Urbanos que mostrar à população que esta situação pode gerar graves problemas de saúde, além de queimaduras e outros danos ambientais, sendo que em agosto, sempre aumentam os casos, devido o clima seco.

A intenção é melhorar a prevenção e combate ao uso de fogo na vegetação, bem como o monitoramento das autoridades. Ao todo as palestras vão ocorrer em 40 escolas. Em agosto começa terça-feira (06), na Escola Teotônio Vilela, que fica no bairro Universitária II. O evento será a partir das 14h.

Na quarta-feira (07) será a vez da Escola Arlindo Lima, que fica na Rua Barão do Rio Branco, área central da cidade. Lá a palestra também será a partir das 14h. Além dos alunos, a campanha quer atingir a população em geral, para que os moradores não coloquem fogo nos terrenos baldios (lixos), assim como jogar pontas de cigarro em áreas verdes.

A Prefeitura de Campo Grande disponibiliza para denúncias o telefone (156), para tais crimes ambientais. No ano passado foram registrados 15.829 focos de incêndios em vegetação pelo Corpo de Bombeiros, sendo que 20% destes casos foi na região do Bandeira.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions