ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 14º

Meio Ambiente

Capital e mais 58 cidades de MS podem ter ventos fortes e chuvas intensas

Em 17 municípios há risco de queda de granizo, de acordo com alerta de tempestade do Inmet

Ana Oshiro | 08/03/2022 10:51
Alertas indicam chuvas de até 50 mm/dia e ventos intensos de até 60 km/h (Imagem: Reprodução/Inmet)
Alertas indicam chuvas de até 50 mm/dia e ventos intensos de até 60 km/h (Imagem: Reprodução/Inmet)

Nesta terça-feira (8) o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu dois novos alertas de perigo potencial para Mato Grosso do Sul, ao todo 59 cidades está sob alerta amarelo para chuvas intensas e tempestade.

Com início às 10h30 de hoje e final previsto até 10h30 desta quarta-feira, o aviso de chuvas intensas vale para 17 municípios. A previsão é que chova até 50 mm/dia e que os ventos cheguem a 60 km/h. Há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

As cidades que estão sob esse alerta são: Alcinópolis, Aquidauana, Bodoquena, Camapuã, Corguinho, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Figueirão, Ladário, Miranda, Pedro Gomes, Porto Murtinho, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, São Gabriel do Oeste e Sonora.

Já o aviso de tempestade, que inclui queda de granizo, começa a valer às 12h e termina às 23h59 desta terça-feira. Além de Campo Grande, outras 41 cidades da região sudoeste, leste e centro norte estão sob o alerta meteorológico do Inmet.

São elas: Amambai, Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Aral Moreira, Bataguassu, Batayporã, Brasilândia, Caarapó, Coronel Sapucaia, Deodápolis, Douradina, Dourados, Eldorado, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jateí, Juti, Laguna Carapã, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranhos, Ponta Porã, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Santa Rita do Pardo, Sete Quedas, Sidrolândia, Tacuru, Taquarussu, Três Lagoas e Vicentina

Em ambos os casos a orientação é que a população não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Em casos de emergências ou dúvidas, ligue para a Defesa Civil, pelo número 199 ou para o Corpo de Bombeiros, no telefone 193.

Nos siga no Google Notícias