ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUINTA  23    CAMPO GRANDE 26º

Meio Ambiente

Chuva chega com ventania e a partir de 1º de março temporais se intensificam

Entre os dias 1º e 12 de março, Estado regista grande volume de chuva, principalmente no sul e sudoeste

Por Liniker Ribeiro | 25/02/2021 17:25
Chuva chegou forte no Bairro Nova Lima, acompanhada de ventania (Foto: Mirian Machado)
Chuva chegou forte no Bairro Nova Lima, acompanhada de ventania (Foto: Mirian Machado)

Como previsto, o aumento de nuvens carregadas fez o cenário mudar, na tarde desta quinta-feira (25), em Campo Grande. Ventos fortes, em pontos diferentes da cidade, também transformaram o tempo e anunciam chuva para a cidade. Bairros na região central, leste e norte já registram pancadas isoladas.

Nos bairros Tiradentes, Rita Vieira, Jardim dos Estados, Parati e Nova Lima, o céu claro, com sol forte, deu lugar a nuvens escuras e chuva. Em algumas regiões, a transformação do tempo assustou, mas não suficiente para diminuir o calor.

“Mesmo com a chuva, o calor não deu trégua. Mas vale pelo barulhinho bom", afirma moradora do Bairro Chácara Cachoeira.

Antes da chuva, nuvens carregadas já anunciavam temporal (Foto: Paulo Francis)
Antes da chuva, nuvens carregadas já anunciavam temporal (Foto: Paulo Francis)

Até o momento, a região norte foi a que registrou pancadas mais intensas de chuva. No Bairro Nova Lima, chove forte e os ventos preocupam moradores.

O cenário, parecido com os dias de temporal, serão mais comuns a partir da semana que vem, de acordo com o meteorologista Natálio Abraão, da Uniderp.

Segundo ele, o mês de março chega com novas Zonas de Convergência do Atlântico Sul influenciando no clima, em Mato Grosso do Sul. “A partir de segunda-feira, até dia 12 março, pancadas de chuvas isoladas, algumas vezes fortes e com alto volume, são previstas para todas as regiões”, afirma o meteorologista.

Ainda segundo ele, há, inclusive, chances de chuvas intensas nas regiões sul e sudoeste do Estado, com riscos de enchentes. Natálio destaca ainda, que o período deve ser mais chuvoso que o mês de fevereiro interior. Já o calor, continua.

Vídeo - No Rita Vieira, ventanania, esta tardem foi forte. Veja:


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário