ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 22º

Meio Ambiente

Fazendeiro é multado em R$ 1,5 mi por desmatamento de 1,5 mil hectares

O fazendeiro usou máquinas de esteira para derrubar as árvores e vegetação na margem do Rio Negro

Por Bruna Kaspary | 25/09/2017 12:25
Fazendeiro foi multado e equipamentos usados no desmatamento apreendidos (Foto: Reprodução)
Fazendeiro foi multado e equipamentos usados no desmatamento apreendidos (Foto: Reprodução)

Um proprietário rural foi flagrado ontem (24) desmatando uma extensa área de vegetação às margens do Rio Negro. Ao todo foram 1500 hectares devastados, sendo retiradas árvores de grande porte com auxílio de uma máquina de esteira. Esse foi o maior desmatamento registrado pela Polícia Militar Ambiental (PMA) nos últimos dois anos.

O fazendeiro apresentou aos policiais uma licença ambiental que autorizava a limpeza da área para pastagem, mas sem permissão para o desmatamento. Conforme a PMA, essa limpeza só permite que sejam retirados arbustos com até 1,30 metro de altura, e que o trabalho seja realizado com uso de roçadeiras e foices.

Licenças como essas são fáceis de serem adquiridas, o proprietário pode dar entrada no documento pela internet, porém muitos se aproveitam da situação para realizar desmatamentos, justificados pela "limpeza das áreas", segundo a PMA.

O desmatamento foi interrompido e as máquinas foram apreendidas. O proprietário da fazenda é morador de Campo Grande e foi autuado em R$ 1,5 milhões e também poderá responder por crime ambiental, com pena de três a seis meses de detenção.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário