ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  08    CAMPO GRANDE 22º

Meio Ambiente

Incêndio no Pantanal não dá trégua e área atingida passa de 10 mil hectares

Ao menos 20 homens trabalham no combate às chamas que castigam a região desde a última quarta-feira (1º)

Por Maressa Mendonça | 06/07/2020 12:54
Chamas se aproximam da sede da escola rural do Jatobazinho (Foto: Divulgação)
Chamas se aproximam da sede da escola rural do Jatobazinho (Foto: Divulgação)


O incêndio na região do Jatobazinho, no Pantanal em Corumbá, não dá trégua desde a semana passada e a área atingida já passa dos 10 mil hectares nesta segunda-feira (6). Ao todo, 20 homens trabalham no combate às chamas.

De acordo com o coronel Ângelo Rabelo, do IHP ( Instituto Homem Pantaneiro), no domingo seis militares do Corpo de Bombeiros do município foram até a região para auxiliar no trabalhos.  Hoje, uma aeronave sobrevoou a área para avaliar os estragos. “Estamos de prontidão para não deixar o fogo chegar até a escola”.

O coronel do Corpo de Bombeiros Fernando Carminati completou que 20 homens estão trabalhando no combate e monitoramento das chamas, entre brigadistas do IHP, do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) e funcionários da fazenda.

Incêndio ocorre em região de difícil acesso, em mata fechada (Foto: Divulgação)
Incêndio ocorre em região de difícil acesso, em mata fechada (Foto: Divulgação)


Militares do Corpo de Bombeiros trabalham no combate às chamas (Foto: Divulgação)
Militares do Corpo de Bombeiros trabalham no combate às chamas (Foto: Divulgação)


Eles já fizeram um aceiro, ou seja, retiraram parte da vegetação ao redor da escola para evitar que as chamas cheguem até lá. A área onde está sendo feito o combate é de difícil acesso por ser região de mata fechada. Para acessar os focos, eles usam tratores e esteiras.

Conforme as informações do Diário Corumbaense, venta muito na região nesta segunda-feira o que favorece a propagação das chamas.

 As aulas na escola rural da região, que funciona em regime de internato, estão suspensas em decorrência da pandemia do coronavírus, mas há profissionais no local.

No domingo, havia 194 focos de incêndio ativos na região da Serra do Amolar. Só nas proximidades da Escola Jatobazinho tinham sido registrados 12 focos ativos no fim da tarde de ontem. A previsão de chuva é para quarta-feira (8) e até lá os trabalhos devem continuar em ritmo intenso.