ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  28    CAMPO GRANDE 24º

Meio Ambiente

Seis homens são presos pescando com petrechos proibidos no rio Paraná

Por Paula Maciulevicius | 04/03/2013 10:35
Os policiais soltaram das redes e espinhéis peixes que ainda estavam vivos. (Foto: Divulgação/PMA)
Os policiais soltaram das redes e espinhéis peixes que ainda estavam vivos. (Foto: Divulgação/PMA)

Seis pescadores foram presos neste domingo, pela PMA (Polícia Militar Ambiental) de Mundo Novo, usando petrechos proibidos para a pesca. A primeira situação foi com três homens, no rio Paraná, próximo da cidade sul-mato-grossense de Mundo Novo.

O trio praticava pesca predatória com espinhéis e redes de pesca, eles eram turistas e moram em Palotina, no Paraná.


Ainda neste domingo, outros três pescadores foram presos em armando dois espinhéis com 40 anzóis e três redes de pesca na foz da lagoa Jatobá com o rio Paraná, em Eldorado.

Com os pescadores foram apreendidos dois motores de popa, dois barcos, três redes de pesca e dois espinhéis, com 40 anzóis e um espinhel de 195 metros com 80 anzóis. A PMA soltou das redes e espinhéis diversos exemplares de peixes que ainda estavam vivos.

Os pescadores foram presos e conduzidos, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Eldorado, onde foram autuados pelo crime de pesca predatória. Se condenados eles podem pegar pena de um a três anos de detenção. Cada pescador também foi multado em R$ 700,00 e saiu da prisão sob fiança.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário