A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Novembro de 2019

22/10/2019 17:55

Semana sem Lixo "planta sementes", avalia primeira-dama Tatiana Trad

Programação começou no dia 18 de outubro e vai até o próximo domingo, com evento "Casa sem Lixo"

Marta Ferreira
Primeira-dama Tatiana Trad, durante entrevista ao Campo Grande News. (Foto: Paulo Francis) Primeira-dama Tatiana Trad, durante entrevista ao Campo Grande News. (Foto: Paulo Francis)

Com oito eventos programados, mas a intenção de “plantar muitas sementes”, a Comissão Municipal dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável está realizando desde o dia 18 de outubro, até o dia 27, o próximo domingo, a primeira Semana do Lixo Zero em Campo Grande.

A cidade é uma das cem no país que aderiu à agenda, cujo objetivo final, como traduz a presidente da Comissão, a primeira-dama Tatiana Trad, é “despertar atitude de mudança na população”, começando pela produção de resíduos.

De acordo com a explicação de Tatiana, a Semana do Lixo Zero tem em sua programação iniciativas para promover pelo menos sete dos 17 compromissos pactuados na chamada agenda 2030. Estabelecida em 2015 pela ONU (Organização das Nações Unidas), com apoio de 193 países, a plataforma defende iniciativas que garantam desenvolvimento sustentável, entre eles erradicação da pobreza, segurança alimentar, redução da desigualdade, consumo sustentável e crescimento econômico inclusivo.

Tatiana Trad afirma que, embora nem todos percebam, um dos pilares para chegar a esses resultados passa pelo gerenciamento da produção individual de lixo. Atualmente, os especialistas até evitam usar essa palavra, em razão da possibilidade de reaproveitamento e da leitura de que, a rigor, nada deve ser descartado simplesmente na natureza.

Para disseminar esse olhar, durante a Semana do Lixo Zero, um dos focos são as crianças, afirma a primeira-dama. Por isso, estão sendo desenvolvidas ações em escolas, entre elas parte já realizadora de atividades de preservação ambiental. “Criança são multiplicadores por excelência”, define a presidente da comissão.

Também está sendo realizado trabalho com os servidores, por meio de palestras e, ainda, junto às comunidades atendidas pelo FAC (Fundo de Apoio à Comunidade), comandado pela primeira-dama. Uma das ações destacadas por ela, é relativa ao trabalho com moda, levado ao público durante o evento Moda Campo Grande, o primeiro da agenda, nos dias 18 e 19 de outubro.

Desfile com moda sustentável está entre as iniciativas da Semana Sem Lixo. (Foto: Kísie Ainoã)Desfile com moda sustentável está entre as iniciativas da Semana Sem Lixo. (Foto: Kísie Ainoã)

As confecções eram feitas de material reaproveitado. Para Tatiana Trad, há muito o que repercutir depois dessa mostra. “A moda leva autoestima e empreendedorismo para os jovens da comunidade e queremos nos aprofundar nisso, para gerar novos frutos”. De acordo com ela, a questão vai muito além da vaidade na vestimenta. "O trabalho interno é tão valoroso que vai além da renda", pontua.

Ela destaca, ainda, a 2ª Feira de Produtos Sustentáveis, realizada na Praça dos Imigrantes, no dia 19, sábado passado, com apoio da Secretaria de Turismo da cidade.

Outra iniciativa citada é a cartilha feita para explicar a quem tem salão de beleza como descartar os materiais usados. “É de utilidade pública e está disponível na internet e será também distribuída pela Secretaria de Saúde”.

Para baixar o material, basta entrar no portal www.participacampogrande.ms.gov.br, onde é possível também ter acesso ao mapa de descartes de Campo Grande.

Lixo eletrônico – Nos dias 25 e 26, das 9h às 18h, no Parque Soter, a Agetec (Agência Municipal de Tecnologia) e a Solurb, concessionária de saneamento na cidade, vão receber material eletrônico que as pessoas ainda não sabem onde levar. O evento servirá de divulgação, também dos ecopontos existentes na cidade.

No dia 27, será a vez do Casa sem Lixo, um dia inteiro de agenda no Centro de Educação Ambiental Polonês, no Carandá Bosque, com atividades que vão desde oficina de compostagem, de produtos de limpeza naturais, além de um debate intitulado “quero ser sustentável, por onde começar”.

Ainda está prevista, no fim de novembro, a Feira das Ciências, Inovação e Tecnologia da Reme (Rede Municipal de Ensino, nos dias 28 e 29, no Centro de Formação Ludio Coelho. Todas essas ações, conforme a presidente da comissão desde 2017, são "pequenas sementes que estão sendo plantadas", com vistas ao incentivo de mudança de comportamento da população. 

 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions