A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

27/11/2014 12:43

Arroyo confia em André e diz que vaga no TCE está próxima

Leonardo Rocha
Arroyo diz que confia em vaga, e que ser conselheiro do TCE faz parte do seu projeto de vida (Foto: Giuliano Lopes/ALMS)Arroyo diz que confia em vaga, e que ser conselheiro do TCE faz parte do seu projeto de vida (Foto: Giuliano Lopes/ALMS)

O deputado estadual Antônio Carlos Arroyo (PR) afirmou hoje (27), em sessão na Assembleia, que confia no compromisso que tem com o governador André Puccinelli (PMDB), para receber a indicação ao TCE (Tribunal de Contas Estadual), no lugar do conselheiro José Ricardo Cabral, que já solicitou aposentadoria.

"A indicação depende apenas do governador (André Puccinelli), quando ele citou meu nome a imprensa é que havia o compromisso que após a ida do Osmar (Jeronymo) e do Jerson (Domingos), ele me indicaria, confio em sua palavra", afirmou o deputado.

Arroyo ressaltou que esta promessa surgiu após ele perder a vaga para a atual conselheira Marisa Serrano, em disputa na Assembleia. "Depois disto ele se comprometeu a me indicar, já estive esta semana com o governador que voltou a confirmar o compromisso", garantiu.

O deputado até ressaltou que só vai a governadoria caso seja chamado, para não ter qualquer comentário sobre "pressão" ao governador. "Na última agenda (pública) que participe,i ele me chamou de conselheiro e depois falou isto a imprensa, estou tranquilo, lutei bastante e a ida ao TCE está próxima", relatou.

Ele ainda revelou que se trata de um projeto de vida ser conselheiro do Tribunal e que não acredita em outro desfecho para esta questão. "Se não for escolhido ficarei triste, e vou continuar tocando a vida como empresário e produtor rural, mas não conto com esta hipótese".

Arroyo garantiu que não conversou com José Ricardo Cabral sobre esta decisão, mas ouviu falar pela imprensa que ele vai se aposentar para se dedicar ao tratamento de saúde. "Tem toda uma tramitação deste pedido de aposentadoria, mas acredito que na semana que vem já seja aberta a vaga no Tribunal", disse ele.

José Ricardo Cabral tem apenas 59 anos, mas pode se aposentar de forma integral, em função do tempo de trabalho. A sua vaga pertence ao governo estadual, ou seja, será indicação do governador André Puccinelli (PMDB), que depois passa pelo aval dos deputados estaduais.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions