ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  09    CAMPO GRANDE 23º

Política

"Não vale só para o Lula", opina Reinaldo sobre decisão do STF

Governador comentou, também, que possibilidade de prisão abre caminhos para outros candidatos à presidência

Por Marta Ferreira e Geisy Garnes | 05/04/2018 16:34
O governador Reinaldo Azambuja durante solenidade nesta quinta-feira (Foto: Paulo Francis)
O governador Reinaldo Azambuja durante solenidade nesta quinta-feira (Foto: Paulo Francis)

O governador Reinaldo Azambuja comentou nesta tarde a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que autorizou a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado em segunda instância pelo TRF 4 (Tribunal Regional da 4ª Região). Para ele, foi uma decisão que apenas confirmou entendimento já pacificado no Supremo de que não é preciso esperar o trânsito em julgado para cumprimento de pena. “Não vale só para o Lula”, afirmou.

“Não decidiu pela prisão do Lula. Decidiu pela prisão do empresário corrupto, pelo estuprador, daquele assaltante, daquele criminoso”, afirmou Reinaldo, durante a cerimônia de troca de comando na Secretaria de Infraestrutura. Para ele, o julgamento desta quarta-feira (4) foi emblemático por envolver alguém tão conhecido como o ex-presidente, mas não diferiu do entendimento jurídico que o STF já havia adotado como normativa. A jurisprudência a respeito foi formada em 2016.

Em relação ao impacto da decisão nas eleições deste ano, Reinaldo disse que, com a possibilidade de Lula estar preso, abre-se caminho para outros candidatos postularem a presidência da República. Para ele, porém, o petista já era um nome fora da disputa. “Eu acho que ninguém mais enxergava o Lula como candidato”, sentenciou.