ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, DOMINGO  21    CAMPO GRANDE 23º

Política

Acusados de exploração sexual pedem desfiliação de partidos

Lidiane Kober | 25/04/2015 08:40
Alceu Bueno deixou o PSL e a presidência do partido (Foto: Divulgação)
Alceu Bueno deixou o PSL e a presidência do partido (Foto: Divulgação)
Assis alegou motivos pessoais para sair do PSB (Foto: Fernando Antunes)
Assis alegou motivos pessoais para sair do PSB (Foto: Fernando Antunes)

Acusados de exploração sexual, o vereador Alceu Bueno e o ex-deputado estadual Sérgio Assis pediram desfiliação, respectivamente, do PSL e do PSB. Além de deixar a legenda, Bueno abriu mão do cargo de presidente estadual da sigla.

O vereador encaminhou ontem (24) à decisão ao diretório nacional, alegando “motivos pessoais” e a e a impossibilidade de “conciliar as atribuições atuais com as funções na agremiação partidária”.

No mesmo dia, Assis oficializou o pedido a executiva estadual do PSB. “Entrou ontem com a desfiliação em caráter irrevogável por motivo pessoal”, confirmou a presidente regional da legenda, deputada federal Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias.

Ainda de acordo com ela, a direção nacional já tinha se manifestado sobre o caso, com pedido de abertura de comissão processante. “Agora, para nós, tudo está resolvido”, comentou.

De acordo com a polícia, há vídeos de sexo dos dois políticos com adolescentes, de 15 anos. Por esse motivos, a Bueno e Assis foram indiciados por suposta exploração sexual de menores.

Nos siga no Google Notícias