A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

06/09/2012 16:37

Advogado diz que decisão não abala candidato ligado à usina em Sonora

Fabiano Arruda

O advogado Ruy Ottoni Rondon Junior, do candidato à Prefeitura de Sonora, Yuri Valeis, afirmou, nesta quinta-feira, que a decisão judicial que derrubou a liminar que permitiu o lançamento, à revelia do comando do PR, não atrapalha a campanha do republicano.

Agora, o Partido da República vai acionar a Justiça Eleitoral para que o candidato, que é ligado à usina no município, seja cassado.

Segundo o advogado, a questão “é de partido” e está sendo julgada na justiça comum. “O processo não tem nada a ver com a candidatura. O Yuri não é parte”, comentou.

“A liminar foi cassada momentaneamente e o mérito ainda vai ser julgado. O Yuri é candidato, tem certidão do cartório eleitoral que comprova isso. Ele está fazendo campanha”, completou Ottoni, acrescentando que o caso se trata de “briga de partido”.

O Campo Grande News procurou Yuri Valeis para que ele comentasse sobre o assunto. Ele não quis se manifestar sobre a decisão.

Entenda - Conforme o advogado Andrei Menezes Lorenzetto, o diretório municipal do PR obteve liminar para realizar a convenção, em que foi lançada a candidatura própria, contudo, o TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) derrubou a decisão ontem. “Com essa cassação da liminar, a convenção é irregular, portanto o registro é nulo”, afirma. A impugnação será apresentada à Justiça Eleitoral.

O setor jurídico também avalia se será solicitada permissão para fazer coligação com outros partidos. O diretório regional do PR pretendia se coligar com o PT e o PMDB. O PR alegou que foi regular o ato que resultou na dissolução da Comissão Provisória Municipal, fundado em infração devidamente estabelecida na lei partidária.

Para a desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges, que cassou a liminar, “o juízo de primeiro grau não decidiu com acerto, tendo em vista estar ausente a prova inequívoca que convença da verossimilhança das alegações”.

Maior empregador - Yuri Valeis é filho do diretor da usina Companhia Agrícola Sonora Estância, Cleiton Jarbas Valeis. A indústria tem cerca de 3 mil funcionários em época de safra, o equivalente a 20% da população da cidade, de 14 mil habitantes.

Numa comparação, a prefeitura de Sonora possui em torno de 600 funcionários públicos. Para o prefeito de Sonora, Zelir Maggioni (PMDB), o Mano, a intenção do grupo ligado à usina é dominar o poder na cidade. Yuri Valeis já chegou a informar que está desligado da usina há um ano.

Justiça veta candidatura de político ligado à usina em Sonora
Decisão judicial derrubou a liminar que permitiu o lançamento, à revelia do comando do PR, da candidatura de Yuri Valeis a prefeito de Sonora. Agora,...
Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions