A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Janeiro de 2018

26/03/2008 08:31

André discute Reforma Tributária com o PMDB em Brasília

Redação

O governador André Puccinelli está em Brasília (DF) onde cumpre três compromissos nesta quarta-feira. A partir das 9h30 (no horário de Mato Grosso do Sul), Puccinelli participa de encontro do PMDB no auditório da Comissão de Orçamento da Câmara dos Deputados.

Os sete governadores do partido foram convidados pelo presidente nacional do PMDB, deputado Michel Temer, para participar das discussões e apontar sugestões para o aprimoramento da proposta. A reunião será às 10h30, no auditório da Comissão de Orçamento do Anexo II da Câmara dos Deputados.

Presidente do PMDB, o deputado Michel Temer confirmou sua presença no encontro para o qual foram convidados os sete governadores do PMDB.O partido pretende sugerir emendas ao projeto de Reforma Tributária do Governo.

Mato Grosso do Sul poderá perder R$ 1,2 bilhão por ano com a Reforma Tributária, nas contas do governador. Serão cerca de R$ 100 milhões a menos por mês. A principal perda será com a não tributação sobre o gás boliviano que é feita em Mato Grosso do Sul, que é por onde o produto ingressa no país, através de Corumbá. Pela proposta que tramita no Congresso, a tributação passaria a ser no destino.

A importação do gás boliviano representava no final do ano passado 14% da arrecadação tributária do estado ou R$ 38 milhões mensais (para uma arrecadação tributária anual de R$ 3,25 bilhões).

O projeto encaminhado pelo governo no final de fevereiro propõe uma simplificação do sistema tributário com a unificação de quatro tributos federais. A reforma também unifica as legislações do tributo estadual ICMS e limita a ação dos governadores para oferecer incentivos fiscais estimulando a atração de investimentos.

Agricultura

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions