ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SÁBADO  02    CAMPO GRANDE 35º

Política

André diz que não é sabão nem xampu para ficar neutro

Redação | 04/05/2010 11:17

O governador André Puccinelli (PMDB) rebateu hoje declarações do presidente nacional do partido, deputado Michel Temer (SP), de que ficaria neutro nas eleições deste ano. Ou seja, não daria apoio oficial nem à Dilma Rousseff (PT) nem ao tucano José Serra.

Na Agrishow, em Ribeirão Preto, o dirigente peemedebista admitiu a divisão da legenda em alguns estados e enfatizou que em Mato Grosso do Sul, o PMDB terá um palanque "duplo e inverso".

Com isso, ele insinuou que Puccinelli, para evitar problemas políticos, não receberá no Estado nem Dilma nem Serra. O governador reagiu nesta manhã e disse que Temer deu tais declarações "por conta própria".

"Este mês eu decido quem apoiar, porque quem fica neutro é xampu ou sabão e eu não sou nem uma coisa e nem outra", disparou, confirmando que o presidente nacional da legenda falou sobre o assunto sem consultá-lo.

Puccinelli enfatizou que sua decisão política contemplará "um só candidato".

"Há um palanque só, o ser político tem que ter definições na vida. E eu vou tomar essas decisões em conjunto com os prefeitos, deputados e com o senador Valter Pereira, se ele realmente permanecer no partido", avisou.

Puccinelli negou que esteja "com um pé em cada barco" em relação a Dilma e Serra. "Um homem não pode casar com duas mulheres ao mesmo tempo", disse.

Demora na decisão

Nos siga no Google Notícias