A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

14/02/2009 10:27

André diz que PT é egoísta e racha campanha de Dilma

Redação

Durante encontro do PMDB nesta manhã em Campo Grande, o governador André Puccinelli voltou a falar sobre a possibilidade da provável candidata a presidente pelo PT, Dilma Roussef, ter dois palanques fortes montados em Mato grosso do Sul nas eleições do próximo ano: um do PMDB e outro dos petistas.

Apesar de garantir que os peemedebistas só vão anunciar apoio em junho de 2010, Puccinelli criticou o PT sobre a defesa de candidatura própria para o governo. "Eles só cuidam do umbigo", atacou André, se referindo ao prejuízo para a candidatura de Dilma, caso PT e PMDB tenham candidatos em Mato Grosso do Sul.

"O PT está desesperado. Eles é que estão a reboque de nós (PMDB). Eu ainda tenho candidato, quando eu tiver vou montar palanque para o meu ou a minha candidata", resumiu.

As articulações em busca de apoios para 2010 começam a ganhar mais tempo nas agendas dos partidos. Nesta semana, o ex-governador Zeca do Pt teve reuniões para negociar alianças e saiu otimista diante de "reclamações" que diz ter ouvido de integrantes do PDT e do PR.

Para Puccinelli, as declarações do maior rival político, não tem validade. "Se eu fosse diretor do hospital Nosso Lar eu daria bola para que o Zeca fala. Ele vai levar fumo de Arapiraca dos bem grossos', atacou.

Sobre o descontentamento de atuais aliados, que reclamam da falta de espaço na administração estadual, o governador é curto. "Pergunta para o PDT e para o PR. Para mim eles falam que estão satisfeitos."

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions