A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

13/04/2012 14:55

André diz que vai recorrer até a última instância contra jornada extraclasse

Wendell Reis
Governador afirmou que só cumprirá a jornada se for vencido em instância definitiva (Minamar Junior)Governador afirmou que só cumprirá a jornada se for vencido em instância definitiva (Minamar Junior)

O governador André Puccinelli (PMDB) declarou na manhã desta sexta-feira (13) que vai recorrer até a última instância contra a decisão do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), que obriga a reserva de, no mínimo, 1/3 da carga horária dos professores para jornada extraclasse a partir de 2013.

Puccinelli explicou que sempre disse que só cumprirá a determinação se for vencido em instância definitiva. “Eu sempre cumpri a lei. Mas, ainda cabe recurso e vou recorrer”, garantiu.

Ontem o Governo publicou uma nota dizendo que vai recorrer alegando que o tema ainda está em análise no STF (Supremo Tribunal Federal) e que a medida vai trazer impacto imediato nas finanças do Estado.

O Governo alega que a mudança pode gerar um impacto de R$ 49 milhões por ano, com a contratação de 1.798 professores. Segundo o Governo, o valor compromete a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) e impede a discussão de reajuste para as outras categorias.

Governo recorre de decisão judicial que muda jornada dos professores
A alegação é que o tema ainda está em análise no Supremo Tribunal FederalO governo do Estado vai recorrer contra decisão do TJ/MS (Tribunal de Justi...
TJ manda Estado cumprir 1/3 de hora atividade para professores em 2013
Com 13 votos favoráveis, desembargadores do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) decidiram, por unanimidade, nesta quarta-feira, que o G...


O impacto gerado com a contratação de mais professores é muito significativo...comparado com o impacto nas finanças do estado... gerado com o salário dos políticos...A eduçação fica em ultimo plano, infelizmento nossos líderes ainda não entenderam que a educação é importante para o desenvolvimento do país e as boas condições de trabalho e salários dignos são pilares para uma educação de qualidade.
 
Helia Roa em 15/04/2012 09:10:44
sobra dinheiro para repassar os demais poderes e falta no local certo.
EDUCAÇAO. e como ja é esperado a educaçao deve esperar mais uns dias...
 
janilson cavalcante em 13/04/2012 09:08:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions