A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

25/12/2013 12:44

Ao fim de reunião, secretários apostam que Bernal será inocentado amanhã

Zana Zaidan e Kleber Clajus
Secretários negam que encontro serviu para articular forma de impedir cassação do mandato de Bernal; reunião foi a portas fechadas (Foto: Cleber Gellio)Secretários negam que encontro serviu para articular forma de impedir cassação do mandato de Bernal; reunião foi a portas fechadas (Foto: Cleber Gellio)

A reunião convocada em pleno Natal pelo prefeito Alcides Bernal (PP) com a equipe de governo para articular formas de impedir a cassação a ser votada amanhã (26) em sessão extraordinária na Câmara de Vereadores, chegou ao fim. Os secretários e demais membros da administração são unânimes em apostar na absolvição de Bernal, que saiu sem falar com a imprensa.

A presidente da Agência de Regulação de Campo Grande, Ritva Vieira negou que o encontro aconteceu para tratar da possibilidade de impeachment do prefeito, e classificou a conversa como “técnica”, mas, ao ser questionada sobre a sessão de amanhã, disse esperar “que a ética e democracia prevaleçam”.

Já a secretária de Desenvolvimento Econômico, Dharleng de Oliveira, foi ainda mais cautelosa ao comentar o teor da reunião, e limitou-se a dizer “ foi boa”.

Apesar do tom otimista, o secretário de Finanças, Ben Hur lamentou que o chefe e, por conseqüência, a equipe de governo passe o Natal na iminência de uma cassação. “Esperava que todos estivessem muito bem. E estou decepcionado com a política, mas espero um resultado positivo amanhã”, acredita.

Questionado se Bernal será cassado, o Ouvidor do município, Ulisses Duarte, disse que esta possibilidade “não existe” e que confia “na justiça”.

A tropa de choque do prefeito passou a manhã reunida na Esplanada Ferroviária para evitar a cassação de seu mandato. Os portões do local foram trancados a cadeado por seguranças particulares para barrar que a imprensa tivesse acesso às estratégias para o dia D de Bernal.

Participaram o titular da Educação, José Chadid, o Ouvidor do Município, Ulisses Duarte, a secretaria de Assistência Social, Thaís Helena, a presidente da Agência Municipal de Regulação, Ritva Vieira, a secretária de Desenvolvimento Econômico, Dharleng de Oliveira, além de assessores e demais membros da gestão Bernal.

Mais tarde, às 18 horas, a reunião deve ser a sua base de sustentação política na Câmara, composta por nove vereadores.



Obvio que os Assessores vão se manifestar pela absolvição, isso é fato!!!!!
Acontece que de acordo com a Lei Orgânica do Municipio:
Art. 23 - É da competência exclusiva da Câmara Municipal:
X - fiscalizar os atos do Poder Executivo, inclusive os da administração indireta e fundacional, mediante controle externo, com o auxílio do Tribunal de Contas do Estado e pelo sistema de controle interno do Poder Executivo, na forma da lei;
XIII - julgar o Prefeito, nas infrações político-administrativas, declarando a perda do mandato por dois terços de seus membros, no caso de procedência da acusação;
SENHORES VEREADORES, POR FAVOR FAÇAM VALER A LEI....CASSEM O MANDATO DESSE SUJEITO... O POVO AGUARDA UMA RESPOSTA IMEDIATA!!!!!
POR UMA CAMPO GRANDE MAIS LIVRE, JUSTA E SOLIDÁRIA!!
 
Joao Marcelo em 25/12/2013 14:42:04
Se eu estivesse em uma função gratificada (e bem $$$$$$$$$$$$$), também torceria para que TUDO acabasse em NADA!
 
José Fernandes de Moura em 25/12/2013 14:08:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions