A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

11/05/2011 19:23

Após greve, trabalhadores do Dallas conseguem reajuste

Paulo Fernandes
Greve relâmpago: trabalhadores entraram em greve à zero hora e aceitaram voltar ao trabalho às 11h (Foto: divulgação)Greve relâmpago: trabalhadores entraram em greve à zero hora e aceitaram voltar ao trabalho às 11h (Foto: divulgação)

Depois de 11 horas de greve, que começou a zero hora desta quarta-feira, os trabalhadores da indústria de alimentos Dallas, de Nova Alvorada do Sul, obtiveram a garantia de reajuste linear de 10% (ganho real de 3,36%) para os funcionários com piso até a R$ 2 mil.

Os funcionários terão ainda gratificações de assiduidade nos valores de R$ 30,00, R$ 40,00 e R$ 50,00, respectivamente, no transcorrer dos próximos meses ou 10% de adicional.

Com as vantagens, o piso salarial da categoria saltou de R$ 570 para R$ 704.

Antes do movimento de paralisação, foram feitas duas tentativas de negociação, onde a empresa propôs 6,34% referente às perdas da inflação pelo IPC (Índice de Preço ao Consumidor).

“Avaliamos que a empresa tinha condições de pagar um piso salarial melhor para a categoria, pois a produção tem aumentado”, afirmou o presidente do Sindmassa (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Fabricação de Massas Alimentícias, Biscoito, Macarrão e Panificação no Estado de Mato Grosso do Sul) e presidente da UGT-MS (União Geral dos Trabalhadores), Fábio Bezerra Salomão.

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions