A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

27/03/2018 13:08

Após impasse, comissão diz que vai acompanhar repasses de saúde

Agentes comunitários de saúde foram ao legislativo cobrar repasses de benefícios que estariam atrasados

Leonardo Rocha
Deputados Rinaldo Modesto, Paulo Siufi e Amarildo Cruz (Foto: Assembleia/ALMS)Deputados Rinaldo Modesto, Paulo Siufi e Amarildo Cruz (Foto: Assembleia/ALMS)

Após impasse sobre o repasse de benefícios aos agentes comunitários de saúde, a Comissão de Acompanhamento da Execução Orçamentária se comprometeu em acompanhar este processo diante do governo estadual. Eles se colocaram à disposição para ouvir as categorias sobre eventuais atrasos.

“Nossa função é acompanhar se todos os repasses e previsões do orçamento estão sendo cumpridos, por isso podem nos procurar sobre atraso ou impasse nos repasses, que tentaremos resolver e achar uma solução”, disse o deputado Maurício Picarelli (PSDB), presidente da comissão.

Os agentes comunitários de saúde de Campo Grande foram hoje (27) à Assembleia Legislativa, pedir apoio dos deputados, para tentar resolver um impasse sobre o benefício concedido pelo governo, que é em média de R$ 400,00 por mês, mas que segundo eles, estava em atraso desde o começo do ano.

Relatórios - O deputado Rinaldo Modesto (PSDB), líder do Governo, explicou que os atrasos eram em função da falta de envio dos relatórios de atividades e metas dos servidores, que é necessário, para liberação dos recursos. Estes documentos, segundo o tucano, devem ser enviados pelas prefeituras.

Depois de marcarem uma reunião para resolver a situação, o deputado Lídio Lopes (PEN) conseguiu uma resposta da Secretaria Municipal de Saúde, que explicou que enviaria o relatório no começo da tarde. “Eles me disseram que este relatório é anual e que não impede o repasse dos valores, mas de toda forma estão enviando nesta tarde”.

Com este entendimento, os deputados esperam que a situação dos agentes seja resolvida nas próximas 24 horas e o dinheiro deste adicional seja pago aos servidores. “Me explicaram que se for atendido todos os critérios, o dinheiro será liberado sem nenhum problema”, disse Rinaldo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions