A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

03/12/2013 12:41

Aprovados em concurso da Educação devem ser convocados, dizem vereadores

Bruno Chaves e Kleber Clajus
Professores foram à Câmara e levaram cartazes de protesto (Foto: Cleber Gellio)Professores foram à Câmara e levaram cartazes de protesto (Foto: Cleber Gellio)

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande repercutiram a ida do secretário municipal de Educação, José Chadid, à Casa de Leis, nesta terça-feira (3), e disseram que os 613 professores aprovados em concurso público de 2009 devem ser convocados para ao exercício da profissão.

Para os parlamentares, os educadores devem ser nomeados mesmo com o fato do concurso ser de 2009 e de não haver mais vagas, justificativa dada por Chadid.

Hoje, 332 foram convocados: 57 da Educação Infantil; 87 de Educação Física; 28 de Geografia; e 160 de Ciências. Ainda sobram 155 da Educação Infantil; 80 de Educação Física; 12 de Geografia e 34 de Espanhol.

Para o líder do prefeito Alcides Bernal (PP), vereador Marcos Alex (PT), a ideia de que um concursado será substituído por um colocado não é aceita. Ele defendeu a criação de uma comissão que debata o dilema dos aprovados no concurso “de uma vez por todas”.

A vereadora Rose Modesto (PSDB) destacou que mesmo que o certame seja de quatro anos atrás, não se pode ficar no “discurso político” de que se o outro não fez, não se fará.

“Apostei em um projeto de mudança, por isso apoiei a eleição do Bernal. Se tem vagas, que chame os concursados”, opinou.

Já o vereador Paulo Pedra (PDT) afirmou que “se a administração anterior não quis chamar os aprovados, não justifica essa administração deixar de fazer o dever de casa”.

O secretário Chadid rebateu os discursos parlamentares e garantiu que não há mais vagas para novas convocações. Ele justificou dizendo que não convocou os trabalhadores no início deste ano porque a pasta passava por adequações. Sobre os convocados, Chadid quer que estejam em salas de aulas no início de 2014.

A convocação de novos profissionais para a educação foi uma das promessas de campanha de Bernal.



Não estou vendo ninguém em defesa dos professores, onde estão nossos representantes , por que não si manifestaram até agora?
 
Jaqueline Almeida em 05/12/2013 10:53:29
Será que ainda podemos esperar por uma solução, ou teremos que nos conformar com este absurdo.
 
EDINA LÚCIA em 04/12/2013 18:07:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions