A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

03/04/2008 11:36

Assembléia não tem pressa para votar reajuste salarial

Redação

O presidente da Assembléia Legislativa, Jerson Domingos (PMDB), disse nesta quinta-feira que não haverá pressa para votar o projeto do Governo que concede reajuste para os servidores públicos estaduais de todas as categorias. Segundo Jerson, o Governo ainda não conseguiu concluir o projeto, que seguirá trâmite normal na Assembléia Legislativa.

Ele afirma que não existe nenhuma determinação para que a proposta tramite em regime de urgência e que o Governo reavaliou a necessidade de votar o projeto até o próximo dia 5. O governador André Puccinelli pretendia ter a aprovação da proposta até aquela data porque entendia que poderia enfrentar problema com as eleições; mas agora interpreta que como as eleições são municipais, é possível fora do prazo estabelecido pelo calendário eleitoral reajustar o salário de quem trabalha para o Estado.

Ainda assim, Jerson acredita que a proposta passará pelas comissões temáticas neste mês para ser votado em plenário em maio. O projeto que ainda não tem dada definida para chegar a Assembléia Legislativa promete corrigir distorções salariais e conceder reajuste linear de 3%. Para alguns servidores públicos, o reajuste chegará a 21,8%. O reajuste médio será de 7%. Já o impacto na folha salarial mensal pode chegar a R$ 11 milhões.

A bancada do PT também quer que o projeto trâmite em regime normal, para ter tempo de avaliar a proposta e discutir com as categorias.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions