A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Agosto de 2017

15/05/2017 13:05

Assembleia planeja ter painel eletrônico e transmissão em TV aberta

Intenção é tornar trabalho legislativo mais acessível à população

Leonardo Rocha
Direção da Assembleia estuda mudanças na área de tecnologia e divulgação (Foto: Victor Chileno)Direção da Assembleia estuda mudanças na área de tecnologia e divulgação (Foto: Victor Chileno)

A direção da Assembleia Legislativa planeja fazer mudanças, para tornar o trabalho mais moderno e acessível à população. Entre as ações previstas está a instalação de uma painel eletrônico, nas votações do projetos e uma parceria com a TV Educativa, para transmissão das sessões e programas em canal aberto.

Foi o que o garantiu ao Campo Grande News, o presidente da Assembleia, o deputado Junior Mochi (PMDB. Ele também pretende mudar a tecnologia de informação do legislativo. "Estamos estudando um processo licitatório em adesão ao Ministério Público e Tribunal de Justiça, para trocar cabos e rede, e assim modernizar este setor".

Mochi ressaltou que além de contar um painel eletrônico para as votações, ainda quer instalar "totens" na entrada da Assembleia, para que os visitantes possam de forma rápida e eficiente, acessar os projetos que estão na Casa de Leis e saber como está a sua devida tramitação.

Para a transmissão ao vivo das sessões e dos programas produzidos pela Casa, o presidente revelou que já está em contato com a TV Educativa, para realizar uma parceria. "Desta forma poderíamos ir para um canal aberto, que estará disponível para 42 cidades do Estado".

Também está nos planos da atual direção, uma ampliação no prédio da Assembleia, que se trata de um projeto antigo dos deputados. "Sobre este obra, a intenção é que possa ser feita e esteja disponível para o próximo ano", disse Mochi.

Mudanças - Desde o começo do ano, a direção divulgou que pretendia fazer mudanças administrativas e nos trabalhos do legislativo, para torná-lo mais moderno e acessível. Já foi disponibilizado um aplicativo, disponível para download gratuito, com informações sobre as sessões, projetos e atividades da Casa.

Além disto foi realizada uma reforma interna, que diminuiu de 256 para 200 cargos em comissão, além de reduzir de 54 para apenas 9 funções e nomenclaturas, tendo a intenção de gerar uma economia mensal de R$ 300 mil por mês.

Outra novidade foi a instalação do ponto eletrônico, que servirá para controlar a jornada de trabalho dos servidores das diretorias e secretarias do legislativo. Os assessores dos deputados, lotados nos gabinetes, continuam tendo o controle do parlamentar e não entram nesta vistoria.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions