A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

29/11/2015 10:54

Assessoria diz que esposa já visitou Delcídio e não falou sobre delação

Luana Rodrigues

A assessoria de imprensa do senador Delcídio Amaral (PT-MS) entrou em contato com o Campo Grande News e afirmou que a esposa do parlamentar Maika do Amaral Gomez, não fará visita a ele hoje(29), na Superintendência da Polícia Federal, em Brasília. Conforme a assessoria, a mulher esteve com o marido na PF na sexta-feira(27), e naõ conversou com ele sobre a delação premiada.

De acordo com Eduardo Marzagão, assessor de imprensa do senador, Maika visitou o marido, juntamente com advogados nesta sexta, porém , "em nenhum momento tratou sobre o assunto da estratégia de delação."

Ainda conforme o assessor, hoje(29), somente os advogados de defesa podem fazer visitas a Delcídio na Superintendência da Polícia Federal. Já as visitas de familiares, só podem ocorrer durante a semana.

A esposa do senador Delcídio Amaral (PT-MS), Maika do Amaral Gomez, é apontada hoje como uma das maiores defensoras da delação premiada do marido. Maika tem dito que o marido não pode pagar sozinho por erros cometidos pelo PT e pelo Planalto - Delcídio era líder do governo até ser preso pela PF na quarta-feira. Na delação, ele contaria o que sabe sobre o esquema de corrupção e desvios na Petrobrás em troca de benefícios concedidos pela Justiça.

Delcídio foi preso na última quarta-feira (25), na capital federal. De acordo com a Procuradoria-Geral da República (PGR), o senador estaria obstruindo as investigações da Operação Lava Jato ao tentar dissuadir o ex-diretor da Àrea Internacional da Petrobras Nestor Cerveró de firmar um acordo de delação premiada.

Delcídio do Amaral está em uma sala administrativa adaptada, na superintendência. O local tem as características de um escritório, com mesa e sem grades.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions