A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

15/08/2016 15:59

Assis deixa oficialmente governo para trabalhar na campanha de Rose

Outros dois foram exonerados hoje; previsão é de que mais seis deixem cargos no Executivo

Mayara Bueno
Carlos Alberto de Assis, secretário de Administração. (Foto: Fernando Antunes)Carlos Alberto de Assis, secretário de Administração. (Foto: Fernando Antunes)

Estão oficialmente fora do governo dois servidores estaduais, entre eles, o secretário de Administração, Carlos Alberto de Assis. O time vai reforçar a campanha da candidata a prefeita, Rose Modesto (PSDB). A exoneração deles está na edição do Diário Oficial de MS, desta segunda-feira (15).

Na campanha, Assis vai coordenar os trabalhos na Capital. Na mesma edição de exoneração, está a nomeação de seu adjunto na Administração, Édio de Sousa Viegas, que ficará como interino na pasta.

A assessora de Assis, Rejane Monteiro, que deixaria o governo, aparece como exonerada, mas nomeada para o mesmo cargo, só que o símbolo diferente. Também deixa o governo, Glauce de Melo Oliveira, que era coordenadora de Articulação Institucional da Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho).

Subsecretário de Comunicação do Governo, Thiago Mishima é outro que deve sair da linha de frente do Executivo estadual para jogar no time da campanha de Rose. Outras saídas certas são de Alessandro Menezes, chefe do SGI (Superintendência de Gestão de Informação); Josimário Derbli, secretário-adjunto de Educação. As exonerações, no entanto, ainda não foram publicadas no Diário Oficial.

Dia 16 de agosto é a data prevista no calendário eleitoral para o início efetivo da campanha eleitoral deste ano. Parte da base de programa de governo de Rose vem da campanha de Reinaldo em 2012, quando criou o Pensando Campo Grande.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions