A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

19/06/2009 16:28

Athayde permanece na Fundac e "My Body" vai para Câmara

Redação

O PPS deve ganhar sua segunda cadeira em Campo Grande com iminente aprovação da PEC 20/2008, que recompõe as vagas nos legislativos municipais.

Primeiro suplente de sua coligação, Athayde Nery não deve abandonar a Fundac (Fundação Municipal de Cultura) para assumir a vaga. Se a PEC 20 for promulgada, Edson Shimabukuro, conhecido como "My Body", ficará com a cadeira.

"Vamos analisar, conversar com o prefeito Nelsinho Trad, mas estamos fazendo um bom trabalho na Fundação, eu estou com carta branca para desenvolver os pontos de cultura, e o prefeito está muito empolgada com o projeto", afirmou Athayde, deixando claro que permanecerá na fundação.

Desta forma, o partido ocupará a pasta e terá duas cadeiras na Câmara de Vereadores, ampliando sua participação na administração municipal. Hoje, o partido conta apenas com a representação do vereador Mário César.

A PEC 47/2008, que modifica os percentuais de repasses às Câmaras Municipais, foi aprovada esta semana no Senado, o que abriu caminho para a promulgação da PEC 20, que amplia a vaga nas Câmaras.

Isso porque os congressistas só aceitaram aprovar a ampliação das vagas se não houvesse ampliação de repasses ao Legislativo.

Segundo o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), em suas semanas, a PEC 47 deve ser aprovada, unida à PEC 20 e promulgada. O efeito é retroativo às eleições de 2008.

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions