ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  23    CAMPO GRANDE 33º

Política

Azambuja, Mandetta e Athayde negam aliança e reafirmam candidaturas

Por Wendell Reis | 03/02/2012 14:24
Próximos, candidatos afirmam que a aliança termina nas ideias(Foto:Wendell Reis)
Próximos, candidatos afirmam que a aliança termina nas ideias(Foto:Wendell Reis)

Despistando o que a maioria das pessoas imaginava, PSDB, DEM e PPS, que idealizaram a criação de um conjunto de propostas para Campo Grande, chamado de “Fórum Campo Grande Sustentável”, declararam na manhã desta sexta-feira (3) que vão ter candidatura própria em Campo Grande na eleição de outubro.

As declarações podem por fim a possibilidade de recriar o BDR (Bloco Democrático Reformista), formado da união entre os três partidos. O pré-candidato pelo PSDB a prefeitura de Campo Grande, Reinaldo Azambuja, explica que a discussão não deve ser pautada por nomes, mas em projetos para Campo Grande. Ele avalia que as alianças serão definidas por afinidade, mas nenhum dos partidos presentes hoje no Fórum deixou de ter pré-candidatos.

Azambuja chegou a declarar que a ditadura já acabou e que ninguém vai conseguir impor uma candidatura, avaliando que o prefeito vai sair da vontade do cidadão. O pré-candidato do PSDB evitou polemizar e fazer análise sobre os candidatos que vão disputar a eleição em outubro, mas disse que a eleição será de valores, para melhorar o nível da classe política. Ele acredita que a Capital terá seis candidatos e o tempo na televisão deve definir alianças. Segundo ele, o PSDB tem três minutos de tempo na televisão.

O pré-candidato a prefeito pelo DEM, Luiz Henrique Mandetta , voltou a declarar que acredita em uma composição com o PMDB e o PSDB em Campo Grande. Ele lembra que os partidos fizeram parte da administração da Capital e não têm porque romper esta aliança. Para o deputado, o encontro desta manhã não significa uma coligação, mas mostra que a nova classe política está pedindo passagem.

Mandetta também declarou que as pessoas se unem em torno de ideias e não de nomes. Ele lembrou que PPS e PSDB estão trabalhando na administração municipal e estadual e são parte do resultado da administração nos últimos 20 anos. Mandetta ressaltou que trafega bem em todos os partidos e que além das pesquisas, é importante a capacidade de aglutinação. O candidato afirmou que trabalha para ser a liga entre as siglas.

O vereador Athayde Nery, pré-candidato a prefeito pelo PPS, também afirmou que vai ser o representante de seu partido nas eleições. Ele avaliou que o que está sendo discutido é a construção de um projeto coletivo, que faz parte da política. Porém, descartou alianças com DEM e PSDB no primeiro turno.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário