A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

07/11/2014 11:25

Azambuja quer harmonia e diz que não vai mudar repasse aos poderes

Renan Nucci e Leonardo Rocha
Reinaldo se reuniu nesta manhã com o presidente do TJ-MS, para discutir parceria entre os poderes (Foto: Leonardo Rocha)Reinaldo se reuniu nesta manhã com o presidente do TJ-MS, para discutir parceria entre os poderes (Foto: Leonardo Rocha)

O governador eleito, Reinaldo Azambuja (PSDB), se reuniu hoje (07) com o presidente do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), o desembargador Paschoal Carmelo Leandro. Acompanhado da vice, Professora Rose (PSDB), e Athayde Nery, Azambuja reforçou o intuito de trabalho cooperativo junto ao Tribunal, e informou também que não vai promover alterações no valor de repasse aos poderes, já pré-estabelecidos por André Puccinelli e, inclusive, já votados na Assembleia Legislativa.

Na ocasião, Azambuja disse que quaisquer mudanças nos repassem seria um retrocesso. “Não vamos mexer”, disse ele, destacando a parceria com o TJ/MS. “Iremos trabalhar em conjunto com o TJ, já que todos os poderes têm a responsabilidade de levar o o desenvolvimento para o Estado. Iremos construir parcerias que favoreçam Mato Grosso do Sul”, completou.

Durante a campanha, o novo governador se deparou com a ausência do poder público, tanto no executivo quanto no judiciário, em alguns locais do estado que precisam ser fortalecidas por meio de ações conjuntas.

“Já me comprometi com o tribunal em trazer a equipe do primeiro escalão do governo para fazer apresentações nestes locais. O TJ pode ser nosso parceiro em várias áreas, como segurança pública, evasão fiscal, além de atividades de desenvolvimento. Queremos fazer um trabalho harmônico, de estreitamento de relações”, afirmou Azambuja. Na próxima semana ele irá visitar o TCE/MS (Tribunal de Contas do Estado) e também os deputados estaduais.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions