A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

29/05/2013 15:11

Balanço de Bernal confirma “calote”, apesar de cofres cheios da prefeitura

Zemil Rocha
Bernal teve pífio crescimento da receita no 1º quadrimestre do ano (Foto: Arquivo)Bernal teve pífio crescimento da receita no 1º quadrimestre do ano (Foto: Arquivo)

O balanço da execução orçamentária da Prefeitura de Campo Grande, no primeiro quadrimestre da gestão de Alcides Bernal (PP), revela que realmente houve um grande “calote” contra fornecedores, em razão de suspensão de contratos ou simples atraso deliberado de pagamentos. Além disso, houve um crescimento pífio da receita, de apenas 1,40%, de janeiro a abril de 2013, confrontado com o mesmo período de 2012, mas os cofres estão abarrotados principalmente devido à suspensão de pagamento de contratos.

As contas, publicadas ontem no Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande), demonstram que houve uma expressiva redução no fornecimento de materiais, serviços e obras, prejudicando sobremaneira a prestação de serviços para a população da Capital. Comparando-se o período de janeiro a abril de 2013 com o mesmo período de 2012, observa-se que houve uma queda de 26,75% nas “despesas empenhadas” e de 14,40% nas “despesas liquidadas”, que são aqueles fornecimentos de mercadorias, obras e prestação de serviços realizados em que há nota fiscal pronta para pagamento.

As “despesas empenhadas” caíram de R$ 1.866.220.020,00 para R$ 1.366.964.940,00 do primeiro quadrimestre de 2012 em comparação com o mesmo período de 2013, resultando numa diferença negativa de R$ 499,255 milhões. Quanto às “despesas liquidadas”, a redução foi de R$ R$ 538.421.010,00 para R$ 460.914.670,00, uma diferença de R$ 77,5 milhões a menor.

Outro aspecto que corrobora com a constatação do “calote” nos fornecedores é o “superávit orçamentário”, que corresponde à diferença positiva verificada entre a subtração do total das “receitas realizadas” e as “despesas liquidadas”. No 1º quadrimestre de 2013, o aumento do “superávit orçamentário” foi de R$ 88,9 milhões em relação ao mesmo período de 2012, o que confirma a alegação de expressiva redução dos fornecimentos de materiais, serviços e obras.

Receita pífia - Já a “receita realizada” avançou timidamente no primeiro quadrimestre deste ano, indo a R$ 831.050.970,00. Nos quatro meses iniciais de 2012, a receita arrecadada totalizou R$ 819.606.560,00. O avanço de apenas 11,444 milhões, 1,40%, sequer contempla a inflação do período de janeiro a abril de 2013, que foi de 2,65% conforme levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas). Se for considerado o período de um ano que transcorreu de abril do ano passado até o mesmo mês de 2013 a diferença é bem maior, já que a inflação acumulada chegou a 6,49%.

Os cofres públicos municipais estão abarrotados de recursos apesar do pífio crescimento da receita, decorrente em boa medida do congelamento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), prometido por Bernal na campanha eleitoral e aprovada pela Câmara Municipal no final do ano passado. As “burras” cheias decorrem também do “calote” nos fornecedores. No “Demonstrativo do Resultado Nominal” (Anexo V do Relatório Resumido da Execução Orçamentária) consta que em 31 de dezembro de 2012 a “disponibilidade de caixa bruta consolidada”, para todos os poderes, era de R$ 246.309.776,86 e em 28 de feverieo de 2013 de R$ 617.700.257,92, representando um aumento de R$ 371.390.481,06, ou seja, um aumento de 150,78%.

Contribuíram para a elevada “disponibilidade de caixa”, o pequeno crescimento das receitas (1,40%) e os reduzidos pagamentos de restos a pagar, para os quais haviam sido deixados recursos, e das despesas realizadas em 2013. Para especialistas em finanças públicas, a atual administração “prefere aplicar recursos no mercado financeiro e dar calote nos seus fornecedores/credores que não estão recebendo pelos fornecimentos de mercadorias, prestação de serviços e realização de obras”.

Investimentos minguados - Entre os anexos publicados no Diogrande, destaca-se também o de número VI, que demonstra uma queda expressiva nos ”investimentos” realizados pela prefeitura, sob a gestão de Bernal, nestes primeiros quatro meses de 2013. A previsão orçamentária era de R$ 684,6 milhões, mas o executado no primeiro quadrimestre foi apenas R$ 14,9 milhões, o que representa apenas 2,18%.

Balanço de Bernal confirma “calote”, apesar de cofres cheios da prefeitura


Continuação...
Mente e coração funcionam muito bem quando trabalham juntos Sr. Bernal. Sei que algumas ações precisam ser adotadas para se " organizar" algo que não está bem, mas precisa ser feito tudo muito bem planejado antes de ser executado. Fostes eleito por maioria de votos. Tem alguma relação com o fato de estar a maioria da população e mais carente estar sofrendo? Penso que administrar pelo povo é amar este povo. Amas o povo que o elegeu? Caso ame, então não prejudique este povo. Caso não ames, então deixe quem ama administrar por este povo. "Amar a Deus acima de tudo e ao próximo como a tí mesmo". É o que nos ensinou o maior Administrador em todos os tempos. Busque aprender um pouco com Ele. Não tenha vergonha de dizer "preciso de tí, meu irmão". Deus te abençoe.
 
Marcio Oliveira em 30/05/2013 10:28:54
Pessoal, peço que me ajudem em oração. Estou perdendo uma grande amiga. Lembram-se daquela "Cidade Morena" também conhecida como "Cidade Amiga"? Pois é...ela está morrendo. Sinto uma profunda tristeza no meu coração quando ando pelas ruas desta linda cidade e vejo que ela está jogada às minguas, está literalmente abandona. Meu coração doi mais ainda quando ouço que crianças e idosos estão pagando por algo em que não não tem culpa alguma... não votei no Bernal e após eleito também não torci contra sua administração. Sempre torço pelo sucesso da cidade, já que,se a cidade ganha, todos ganhamos com ela. Não gostaria de pensar assim, mas parece que estamos diante de um "assassino em potencial". Por favor prefeito...NÃO MATE NOSSA CIDADE! Ela precisa viver e nós também. Continua...
 
Marcio Oliveira em 30/05/2013 10:18:46
AI EU PERGUNTO PRA QUEM VOTOU NELE, E O BERNAL?
HOJE EU OLHO PRA PESSOAS QUE VOTOU NESSE CARA E DOU RISADA, FOI A MAIOR TIRAÇÃO DE SARRO QUANDO BERNAL GANHOU A ELEIÇÃO PARECIA QUE TINHA GANHADO UMA COPA DO MUNDO, MAS QUATRO ANO PASSA RAPIDO ANDRÉ VEM AI PRA TIRAR ESSE DESPREPARADO QUE ACHAVA QUE ADMINISTRAR UMA CAPITAL ERO MESMO QUE ADMINISTRAR A COLONIA PARAGUAI...
 
ralph cidrao em 30/05/2013 08:44:07
Bernal pare de ser radialista, e seja prefeito ou seja fale menos e trabalhe mais,
 
Wagner Borges de Freitas em 30/05/2013 08:35:28
Aqui tem gente que fala todo dia em abandono do prefeito atual sobre a Cidade; aonde eu moro continua funcionando bem e está melhor do que antes. Uma vantagem desse atual é que parece ser honesto.
 
luiz alves em 30/05/2013 06:50:14
enterrou programas de esporte não deu nenhum sinal de eventos no autodromo, faliu os programas de turismo como o city tour e hoje não tem nenhum programa voltado ao turismo, não anunciou nenhuma obra de avanço como veiculo leve sobre trilhos ou viadutos, corredor exclusivo pra onibus,coisas que a cidade precisa de planejamento tirou a empresa que cuidava dos terminais assim como as maquinas que mostravam o horario dos onibus. não anunciou ainda nehuma obra de impacto, não deu tenis e mochila nas escolas antes davam, a semadur tenta fazer com que a cidade não tenham eventos e esfrie....e tudo que o luciano falou...e mais uns passos para tras, contagem regressiva para alguem um dia trazer o boom de desenvolvimento de volta
 
samuel vosni em 30/05/2013 02:06:17
esse é o povo de campo grande, não pensam antes de votar?




 
rosimeri dos santos em 30/05/2013 00:10:48
Quando muitos falavam que o antecessor estava cansado, e agora o atual (prefeito)era para estar a todo vapor!!!
 
Manuel Teixeira em 29/05/2013 22:01:46
a população não vê números e sim resultados o qual não vem acontecendo acho que o prefeito esta falho o tempo passando e campo grande ficando pra traz mas sei que tem gente observando e que isso não ficara pra traz, um abraço aos leitores.
 
arnaldo cezar dutra em 29/05/2013 21:56:04
Não esta pagando nem a coleta de lixo, eu não sei como a SOLURB esta aguentando para honrar os compromissos, isto se chama calote.
 
Carlos Alberto Ormay em 29/05/2013 21:31:58
Eu não perdi nem ganhei nada com saida ou entrada de nenhum. Alguém que fica atualmente defendendo político é porque está sendo beneficiado de alguma forma, ou está com problemas psicológico.
 
luiz alves em 29/05/2013 21:19:21
O que me deixa mais perplexa nessas notícias, não é saber que esse "novo caçador de marajás" faria tudo isso. Mas, sim, ver que o povo acha tudo muito certo e que fizeram o certo na hora do voto. Isso que dá, não investir na educação, na cultura!! Temos governos medíocres, à altura dos seus eleitores!! Enfim...torcer para que não tenhamos que aguentar até o final do mandato.
 
Claudileia Sampaio em 29/05/2013 20:45:47
Com dim dim em CAIXA...
 
Sebastião Francisco em 29/05/2013 18:42:46
NOS CEINF'S NÃO TEMOS FRUTAS E VERDURA A QUASE 3 MESES, DOIS MESES SEM MATERIAIS DE LIMPEZA, TEMOS QUE TRAZER DE CASA TEMPERO PRA TEMPERAR A COMIDA QUE AINDA TEM NO DEPOSITO, OS MATERIAIS PARA FAZER ATIVIDADE COM AS CRIANÇAS, COMO PAPEL MANILHA, FOLHAS, LAPIS, E OUTROS AINDA NÃO CHEGARAM, NÓS PROFESSORES TEMOS QUE TRABALHAR DE MANEIRA PRECARIA E O PIOR DE TUDO É QUE NÃO PODEMOS FALAR PROS PAIS E NEM PEDIR AJUDA EM LUGAR NENHUM POIS CORREMOS O RISCO DE SERMOS PUNIDOS, A SITUAÇÃO ESTA ALARMANTE. FUNCIONARIOS ESTÃO SENDO MANDADOS EMBORA POR TER LIGAÇÃO COM A ANTIGA GESTÃO, MINHAS COLEGAS QUE APOIARAM UM VEREADOR NA ULTIMA ELEIÇÃO ESTÃO COM MEDO, POIS A DIRETORA CHEGOU DE UMA REUNIÃO DIZENDO QUE O PREFEITO DISSE QUE SE TEM ALGUEM AINDA QUE É DO VEREADOR, OU MUDE DE LADO OU VAI PRA RUA..
 
ADRIELY OLIVEIRA em 29/05/2013 18:33:37
Isso, abandonou os postos, sem remédios "ultrafaturados"...
Toda mudança causa alguns transtornos, demora um tempo para se acertar todos os ponteiros!
Agora o que não pode acontecer é descaso nessa nova administração, não sou nem a favor e muito menos contra o novo prefeito, sou apenas contra ao que vinha ocorrendo, com compras super faturadas, obras inacabadas, ou já se esqueceram que os buracos da "Norte Sul" já possui mais de dois aniversários completos?
As rotina de nossa cidade deu uma mudada, isso sim, é fato, mas é algo que acontece com toda mudança, afinal, sair da zona de conforto sempre trás contratempos.
O que me revolta é essa guerra toda entre administração e câmara, será que alguém ali está pensando no bem estar da população dessa cidade?
 
Everton Oliveira em 29/05/2013 17:20:15
Me corrijam se estiver errado! Não foi o Bernal que alardeou pelos quatro cantos que não haviam recursos no caixa deixado por Nelsinho Trad? E agora, apareceram mais de R$ 246 milhões? Explique-se prefeito!
Saiba Bernal que quando eleito, os gestores não assumem apenas os bônus, mas também o ônus, ou seja, você não foi eleito apenas para lucrar, mas também para manter a ordem e a lei. Aliás, essas devem ser cumpridas, não se questionam.
Pena que o povo não tenha acreditado durante a campanha, que você realmente não estava preparado para administrar a nossa Capital. Lamentável!
 
Luiz Junot em 29/05/2013 17:07:23
Eu racho de rir kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
 
Paulo Lopes em 29/05/2013 17:05:42
Isso é falta de Administração. Ou depois ele ia é roubar todo esse dinheiro de alguma maneira, ou ele ta aplicando e retirandos juros para ele.
 
gabriel silva em 29/05/2013 16:36:22
ELE ABANDONOU A CIDADE. HOSPITAIS, POSTOS DE SAUDE, CRIANÇAS DAS ESCOLAS SEM MERENDA, IDOSOS DO ASILO, SEM MEDICAMENTOS, COMIDA, ROUPAS. ISSO É BOM PRO POVO APRENDER A VOTAR E SE AVENTURAR.
 
LUCIANO MARQUES em 29/05/2013 16:18:43
E o Bernal?
 
Jéssica Santos em 29/05/2013 15:59:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions