A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

13/05/2015 14:03

Bancada do PMDB na Câmara define posição nesta quinta-feira junto com diretório

Juliana Brum
O presidente da Câmara, peemedebista afirma que o partido não tomará uma decisão unilateral O presidente da Câmara, peemedebista afirma que o partido não tomará uma decisão unilateral

Vereadores do PMDB da Capital caminham para independência em relação ao prefeito Gilmar Olarte (PP) e devem bater o martelo sobre a postura que adotarão, nesta quinta-feira (14) durante a reunião com o Presidente estadual do PMDB, Junior Mochi, juntamente com o diretório do partido.

O presidente da Câmara Municipal, Mario César (PMDB), após a sessão comunitária no bairro Taveirópolis citou que a bancada se reuniu após a sessão de terça-feira (12) para debater o tema e dali surgiram vários pontos de vistas apresentados.

Mario ressaltou que querem chegar numa decisão que seja benéfica para todos os parlamentares, para que não haja uma decisão unilateral já que existiu diferentes pontos colocados.Deixou claro que não tomarão decisão alguma, sem o conhecimento do partido.

O vereador Dr. Loester (PMDB) destacou que defende que o PMDB fique do lado do prefeito Gilmar Olarte, alegando que o partido participou da entrada do prefeito.

"Se estou vereador, eu reconheço que teve a benécia do prefeito e seria incoerente eu não apoiá-lo. Caso o partido resolva ser independente, entendo que eu teria que ir para casa" falou o vereador Dr. Loester.

A vereadora Carla Stephanini defende que o partido seja independente, declarando que é a favor de Campo Grande. A vereadora Magali Picarelli afirmou que a decisão deve ser feita pelos nove vereadores, seja qual for a direção ela deve ser unânime.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions