A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

01/10/2013 18:32

Bancada reage a Alcides Bernal e garante que trabalha pela Capital

Zemil Rocha
Primeiro atrito de Bernal com bancada federal aconteceu no final do ano passado (Foto: arquivo)Primeiro atrito de Bernal com bancada federal aconteceu no final do ano passado (Foto: arquivo)

A bancada federal de Mato Grosso do Sul se sentiu injustiçada com a declaração do prefeito Alcides Bernal (PP), feita esta manhã, de que os parlamentares não estariam atendendo Campo Grande com emendas. “Só ouço dizer que querem ajudar. Eu quero que ajudem de verdade. Não é só dizer eu quero te ajudar, têm que tomar atitudes, promessas têm muito”, afirmou Bernal, em entrevista no programa Tribuna Livre, na FM Capital.

O deputado federal Fábio Trad (PMDB) disse que “não procede” a queixa do prefeito, que não teria demonstrado interesse em buscar apoio dos parlamentares. “Até hoje não fui procurado pessoalmente pelo prefeito, sequer uma ligação”, afirmou o peemedebista.

As administrações anteriores, segundo Fábio, tinham um padrão de relação com a bancada federal que prestigiava a constância de reuniões e proximidade no encaminhamento das gestões político-administrativas, o que não teria sido seguido na gestão Bernal. “Havia parceria muito clara, inclusive dos próprios petistas quanto André e Nelsinho vinham aqui. Hoje isso não acontece”, lamentou.

Fábio Trad lembrou que o único integrante da gestão atual da Prefeitura de Campo Grande a procurá-lo foi o presidente da Fundação Municipal de Cultura (Fundac), Júlio Cabral, a quem pretende ajudar na implantação de um projeto de infraestrutura para o Horto Florestal.

Antônio Carlos Biffi (PT) disse que maior prova de que a bancada federal está atendendo Campo Grande é a emenda para construção do Hospital Municipal, no valor de R$ 40 milhões, que é uma das promessas de Bernal na campanha eleitoral do ano passado. Biffi observa que a emenda, de sua autoria juntamente com o deputado Marçal Filho (PMDB) e o senador Delcídio do Amaral (PT), está até sendo ampliada para R$ 57 milhões a fim de que a unidade hospitalar seja também equipada com a aparelhagem necessária.

No trabalho de buscar recursos para Mato Grosso do Sul, segundo Biffi, a Capital tem sido muito beneficiada. Lembra que em seus onze anos de mandato na Câmara Federal já trouxe para a Capital obras que somam R$ 300 milhões, como construção do Instituto Federal (IFMS), de Centros de Educação Infantil e da Orla Morena, além da reforma e implantações de unidades escolares, laboratórios de informática e ações de infraestrutura através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Só na gestão Bernal, em 2013, conforme Biffi, além da emenda do Hospital Municipal, podem ser citados mais nove Ceinfs, fora os 26 que articulou nesses dois últimos anos e que estão em construção.

Esta não é primeira polêmica de Bernal com a bancada federal. No final do ano passado, houve um atrito direto com Edson Giroto, deputado federal que hoje está licenciado e ocupa o cargo de secretário de Obras do Estado. Giroto entregou ofício a Bernal falando das emendas apresentadas para Campo Grande, totalizando R$ 64,1 milhões, sendo a maior delas, no valor R$ 48,6 milhões, destinada a infraestrutura urbana. A falta de projetos e de articulação no Ministério das Cidades estaria travando a liberação dos recursos.

 



Tá ai o que o campograndense queria, o prefeito "desculpinha", só os outros que atrapalham ele, não é a arrogancia, a inércia, inaptidão dele!!!
 
Caio Prado em 02/10/2013 09:31:15
É fato quanto a questão de falta de comunicação entre o chefe do executivo municipal, junto aos vereadores. Mas tínhamos um governo municipal a cerca de 16 anos aproximadamente, coordenados pelo PMDB. Agora querem questionar mudanças em nove meses? Vereadores que represetam o povo, ficam mesquinhando quanto quem manda, ordena, recebe! tem que visitar os bairros, andar de coletivo, sentir na pele o que ruim e bom na cidade de Campo Grande/MS
 
rodrigo nunes em 02/10/2013 08:44:23
Sr. Prefeito você esta fazendo tudo errado na sua administração. o seu egoismo e falta de experiência em gestão, está prejudicando a nossa capital. nossa cidade está abandonada cheias de buracos e com uma falta de estrutura nos postos de saúde, ceinf,escolas. e não me venha com desculpas de perseguição. mostre seu trabalho.
 
Regis Aparecido Moreira dos santos em 02/10/2013 08:17:11
Enquanto isso... a Construção da creche do conjunto habitacional Leon Denizart Conte estão parada desde o começo do ano, a administração do Bernal esta uma baita de uma porcaria lamento mais essa é a dura realidade que não só os problemas daqui mais tem vários outro pela capital.
 
Renan Ferreira Rodrigues em 02/10/2013 08:08:12
Deixa o homem trabalhar.
 
joao batista em 02/10/2013 06:41:56
--Nem para ser humilde.
Fica pensando o dia inteiro argumentos para se defender de situações logicas que o cobram.
Nessa gestão tudo foi emergência.
 
Vilton Vera em 01/10/2013 23:37:23
esse é nosso prefeito? ou é um qualquer querendo ser prefeito ainda? alguem informa a ele que ja ganhou as eleições! agora é administrar Campo Grande, se não da conta pede para sair..
 
Aires Junior em 01/10/2013 20:42:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions