A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

10/06/2011 12:59

Bernal assume comissão provisória do diretório estadual do PP

Ítalo Milhomem
Bernal irá presidir temporariamente o diretório regional do Partido Progresssita (Foto: Ítalo Milhomem)Bernal irá presidir temporariamente o diretório regional do Partido Progresssita (Foto: Ítalo Milhomem)

O deputado estadual Alcides Bernal (PP) foi nomeado para ser presidente da comissão provisória, que administrará o Partido Progressista em Mato Grosso do Sul para organizar uma nova eleição a direção da sigla e preparará para eleições 2012. A comissão provisória tem duração de seis meses, podendo ser renovado por igual período.

Em 2010, o PP teve uma briga interna com denúncias de infidelidade partidária, desvios de recursos do partido, até culminou dissolução do diretório do partido e depois recondução dos membros do diretório estadual.

Bernal afirmou que quer unir o partido e não irá realizar a caça as ”bruxas”, como vem sendo feito por diversos partidos em âmbito estadual. Ao contrário, ele conversou com os “brigões”, o ex-deputado federal e ex-dirigente do partido, Antônio Cruz e com vereador da Capital, Lídio Lopes e pediu para que os dois fiquem no partido.

Um dos pedidos ao assumir a legenda no Estado foi que os dois pudessem ser contemplados na direção executiva estadual do partido. Ainda fazem parte da executiva estadual, o direto-presidente da Emha (Empresa Municipal de Habitação de Campo Grande), Paulo Mato e o ex-apresentador de TV, Luiz Pedro.

A meta do partido é aumentar 50%, os 20 mil filiados no Estado. Passando para 30 mil membros do partido. Uma das estratégias para isso e convidar todos políticos que estão desfiliados, que têm pretenções políticas para 2012.

Entre eles, vários políticos que foram expulsos no últimos. Um dos exemplos foram os vereadores, prefeitos e outros membros do PPS (Partido Popular Socialista) que foram excluídos da sigla.

2012-O PP poderá ter candidato a prefeito ou vice-prefeito, em Campo Grande e em cidades como mais de 30 mil habitantes como determina a resolução nacional do partido, afirma Bernal, que se pôs a disposição, mas não impôs a escolha de seu nome para prefeitura da Capital.

Alcides Bernal sinaliza que poderá deixar PP e ir para o PSD
O deputado estadual Alcides Bernal (PP) anunciou nesta quinta-feira (14), que poderá deixar o partido caso continue sendo ignorado pela sigla. Se não...
Justiça devolve presidência do PP a Antonio Cruz
Decisão anulou destituição do ex-deputado federal.O juiz de Direito da 9ª Vara Cível, Maurício Petrauski, deferiu antecipação de tutela ao ex-deputa...
Sem acordo
Por trás da destituição de Antonio Cruz da presidência regional do PP está uma briga interna com o vereador Lídio Lopes, na época da eleição, que che...
Executiva decide destituir Antonio Cruz da presidência do PP
A executiva estadual do PP (Partido Progressista) se reuniu no começo desta semana e decidiu pela destituição do ex-deputado federal Antônio Cruz da ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions