A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

02/08/2013 08:47

Bernal diz que após decisão da justiça, vai “negociar” direto com os servidores

Leonardo Rocha
Prefeito diz que agora poderá conversar diretamente com os servidores (Foto: Cleber Gellio)Prefeito diz que agora poderá conversar diretamente com os servidores (Foto: Cleber Gellio)

O prefeito Alcides Bernal (PP) afirmou que após o TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) decidir que o reajuste “extra” concedido pela Câmara os servidores era inconstitucional, ele vai começar a dialogar e negociar direto com os profissionais, já que antes não poderia fazer por causa da situação criada pelos vereadores.

Bernal destacou em entrevista ao programa de rádio Tribuna Livre, que já havia concedido aos servidores da parte administrativa um reajuste de até 18% e aos médicos 15%, sendo de forma linear apresentada 7% aos servidores, no entanto o município não tinha condições financeiras para atender as outras reivindicações. “Havia servidores que recebiam abaixo do salário mínimo e por isso demos um aumento maior, assim como para área da saúde, mas não se pode aceitar tudo e ainda ver os vereadores fazerem cortesia com o chapéu dos outros”, destacou ele.

A justiça decidiu que as quatro emendas acrescentadas pelos vereadores ao projeto de reajuste não poderiam partir do legislativo, já que esta prerrogativa pertence ao executivo. “Agora poderei conversar com os servidores e ver que melhorias serão propostas para o próximo orçamento, mas com responsabilidade financeira”, destacou Bernal.

O reajuste “extra” aprovado pelos vereadores previa o aumento de 7,5% para 15% para vantagens pessoais incorporadas, como abonos e vantagens financeiros, o reajuste de 15% de plantão as categorias de odontologia, veterinária, enfermagem, assistente social e farmácia-bioquímica. A criação do plantão aos profissionais de fonoaudiologia no valor de R$ 583,97, além do adicional de insalubridade para os servidores da área de saúde.

TJ antecipa para 4ª feira julgamento de ação para barrar reajuste de servidores
Marcada para 7 de agosto, o julgamento da liminar sobre a lei que dá reajuste a seis mil servidores públicos da Prefeitura de Campo Grande foi anteci...
Prefeitura concede reajuste de 13% após protesto de servidores
Após a manifestação dos servidores da Prefeitura de Nova Alvorada do Sul ocorrida nesta sexta-feira (12), a administração da cidade informou neste sá...


Me diz pra que os fonoaudiólogo querem plantão????

Se nem existe precisão...

Cuidado prefeito, eles querem é ganhar as suas custas.
 
Catrina Sodré em 02/08/2013 10:08:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions