A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

20/11/2013 12:58

Bernal garante que irá depor na Câmara, mesmo recorrendo à Justiça

Kleber Clajus
Prefeito diz que está a vontade para depor na segunda-feira (Foto: Cleber Gellio)Prefeito diz que está "a vontade" para depor na segunda-feira (Foto: Cleber Gellio)

Mesmo questionando a legalidade da Comissão Processante na Justiça, o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), garantiu hoje que vai "pessoalmente" responder os questionamentos sobre denúncia de “fabricação de emergências” em sua administração. O depoimento está agendado para segunda-feira, às 14h, no Plenário Edroim Reverdito.

“Faço questão de ir pessoalmente a Câmara Municipal porque temos a tranquilidade de mostrar novos documentos e, acima de tudo, que não existem irregularidades. Me sinto a vontade para ir”, disse Bernal pela manhã, após abertura de evento no Novotel sobre assistência social.

Em contrapartida, o chefe do Executivo mais uma vez tenta na Justiça encerrar os trabalhos da Comissão Processante, que tem por base denúncia dos ex-integrantes do PP, Raimundo Nonato e Luiz Pedro Guimarães, sobre o favorecimento na contração de empresas por meio da “fabricação de emergências”.

Bernal recorre com agravo de instrumento decisão do juiz em substituição na 1ª Vara de Fazenda Pública e Registros Públicos, Alexandre Tsuyoshi Ito, que negou pedido de liminar para suspender a investigação em curso na Câmara Municipal. O agravo foi apresentado pelo advogado do prefeito, o desembargador aposentado Jesus de Oliveira Sobrinho.

Depoimentos – Hoje a Comissão Processante ouve, a partir das 14h, o depoimento do secretário municipal de Administração, Ricardo Ballock. Em seguida, o secretário de Educação, José Chadid, também esclarece situações como a contratação da Salute para fornecer merenda escolar de forma emergencial.

A Comissão é presidida pelo vereador Edil Albuquerque (PMDB), com relatoria de Flávio César (PT do B) e como membro Alceu Bueno (PSL).



Do jeito que o Bernal anda mentindo, seria melhor que não comparecesse para depor na Comissão Processante. Ele poderá ser claramente desmentido e ficará de cara grande.
Ele já está sendo cassado, e não será preciso contar mais meia dúzia de mentiras para tentar se livrar da cassação. A coisa está preta para o lado dele.
 
VALDIR VILLA NOVA em 20/11/2013 14:30:57
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions