A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

18/12/2013 16:25

Bernal ingressa com 2º mandado de segurança contra Comissão Processante

Josemil Arruda
Advogado de Bernal, Jesus Sobrinho, quer anular ato que convocou cliente para depor (Foto: arquivo) Advogado de Bernal, Jesus Sobrinho, quer anular ato que convocou cliente para depor (Foto: arquivo)

O prefeito Alcides Bernal (PP) ingressou com mais mandado de segurança na Justiça com a finalidade de suspender mais uma vez o processo de cassação que está em curso na Câmara de Campo Grande. A ação, impetrada ontem, está tramitando na 3ª Vara de Fazenda Pública e Registros Públicos de Campo Grande.

A impetração da nova ação decorreu do fato de a Comissão Processante ter convocado o prefeito Alcides Bernal para depoimento no dia 16 de dezembro, última segunda-feira, mesmo tendo apenas dois integrantes, já que o terceiro vereador, Alceu Bueno (PSL), havia sido cassado por decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Além do pedido de liminar para suspender os trabalhos da Comissão Processante, o advogado de Bernal, desembargador aposentado Jesus de Oliveira Sobrinho, pede “a concessão final da segurança, a fim de ser anulado o ato ilegal e abusivo praticado pelos dois vereadores remanescentes da Comissão Processante, o qual viola o direito líquido e certo do impetrante de ser ouvido pela Comissão Processante após a sua reconstituição”.

Este é o segundo mandado de segurança de Bernal para tentar suspender os trabalhos da Comissão Processante. No primeiro, o juiz Nélio Stábile rejeitou o pedido na sentença, depois de várias idas e vindas no Tribunal de Justiça, julgando recursos de agravo de instrumento e regimental.

Na semana passada, após a derrota proveniente da decisão de Stábile, que também havia negado efeito suspensivo à apelação contra a sentença do mandado de segurança, Bernal ingressou com um novo recurso que foi, por vinculação, distribuído para o desembargador Hildebrando Coelho Neto. Este, porém, ainda não julgou o agravo de instrumento interposto.

 

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
TRE realiza plantão para cadastramento biométrico neste sábado na Capital
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realiza neste sábado mais um plantão para atender eleitores de Campo Grande que ainda nã...


O Bernal tem demostrado que é um grande caçador de encrencas, e não dá descanso para seu advogado.
Ao invés de ficar ajuizando ações e recursos, deveria ser homem, e comparecer para depor na Comissão Processante.
Agindo como está, o Bernal está cada vez mais enojando o povo, e se transformando em uma personalidade indigesta.
Já não suportamos mais, ver a cara do Bernal na tv contando mentiras, e o PP ainda acredita nesta figura indesejável.
 
VALDIR VILLA NOVA em 19/12/2013 09:10:05
O Prefeito violou o "DIREITO LÍQUIDO E CERTO" das Assistentes Sociais aprovadas em concurso público de provas e títulos para o cargo de Auditoras em Serviço de Saúde, QUANDO TORNOU SEM EFEITO A NOMEAÇÃO DAS MESMAS. Quer dizer que pimenta só arde nos olhos do Prefeito e nos olhos dos outros é refresco?
Por suas mazelas, maldade, incompetência e injustiça, VAI SER CASSADO, SE DEUS QUISER!
 
José Fernandes de Moura em 18/12/2013 17:09:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions