A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

13/03/2013 19:39

Bernal não envia representante e manda filmar audiência na Câmara

Nícholas Vasconcelos e Viviane Oliviera
Câmara ficou lotada de professores que foram discutir cancelamento de reajuste. (Foto: João Garrigó)Câmara ficou lotada de professores que foram discutir cancelamento de reajuste. (Foto: João Garrigó)

O prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) não enviou representante para a audiência na Câmara de Vereadores que discutiu nesta quarta-feira (13) a possível suspensão do aumento de 22% concedido aos professores no ano passado. No entanto, Bernal enviou a equipe de televisão da produtora VCA, que presta serviço para a Prefeitura, para filmar os profissionais que participavam do debate e também vereadores.

Com a Câmara cheia, os vereadores questionaram a ausência do prefeito e do secretário de Educação, José Chadid. Já o líder de Bernal na Casa de Leis, Alex do PT (PT), acabou vaiado ao defender a analise do aumento.

A audiência foi convocada pela comissão de Educação e Desporto e contou com a presença dos presidentes da ACP (Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação), Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), e da promotora Cristiane Mourão, do MPE (Ministério Público Estadual).

A presença da equipe de filmagem causou indignação entre os vereadores. Grazielle Machado (PR), ocupou a tribuna para criticar a postura do prefeito da Capital. “Pode filmar, pode gravar o que eu estou falando mesmo”, declarou.

Grazielle disse que concorda com o direito da imprensa, no entanto questiona a ausência de um representante da administração municipal. “Você Alcides Bernal gosta de conversar só pelo Facebook, vamos conversar. Por que você não veio hoje? Os professores estão esperando uma respota”, disse.

Já Alex foi vaiado pelos professores no momento em que disse que Bernal questionou também o aumento dado ao salário de prefeito e também aos vereadores.

Promotora afirmou que pedido de investigação partiu do prefeito Alcides Bernal (PP). (Foto: João Garrigó)Promotora afirmou que pedido de investigação partiu do prefeito Alcides Bernal (PP). (Foto: João Garrigó)

De acordo com a promotora, que vai ser responsável pela investigação reafirmou que o questionamento sobre o aumento partiu do prefeito, não do MPE. Ela disse que a investigação vai durar 90 dias, podendo ser prorrogada por mais 90 dias e que todo processo vai correr com cautela.

Vereadores que apoiaram Bernal nas eleições do ano passado também reagiram a falta de um interlocutor da administração municipal. “Prefeito eu te apoiei no segundo turno, estava disposta a passar toda questão da Educação para ele, mas não tive oportunidade”, comentou a vereadora Professora Rose Modesto (PSDB).

Já Paulo Pedra (PDT) brincou que o chefe do Executivo precisa “Calçar as sandálias da humildade parar com a mania de perseguição”.

Para o presidente da Fetems, Roberto Botarelli, a audiência para discutir o piso de R$ 1.567 é desnecessária e que deveria ser convocada uma discussão para discutir um aumento maior.

Opinião compartilhada pelo dirigente da ACP, Geraldo Alves Gonçalves. “É uma Lei, que foi aprovada no ano passado e que nós temos o direito de receber”, disse. Gonçalves disse ainda que o pedido não partiu da categoria, já que o pedido foi encaminhado pelo ex-prefeito Nelson Trad Filho (PMDB). Para ele, a audiência foi positiva porque a Câmara está orientada como proceder.

Em audiência com a ACP, na segunda-feira (11) Bernal disse que cumprirá o acordo com a categoria independente da decisão do MPE.



Lendo os comentários, percebo a indignação geral do povo de Campo Grande e lembro que existe um instrumento forte e previsto na lei para que essa atual administração acorde e resolva começar a trabalhar direito , chamado "impeachment", que está exclusivamente nas mãos da Câmara Municipal, representante dos interesses do POVO.
Esse instrumento já impugnou um Presidente da República em nossa história recente.
 
Edson Freitas em 14/03/2013 11:11:21
Essa critica é para os críticos:

É muito facil criticar as pessoas que estão em destaque na liderança, o dificil é entender que essa nação é constituida de pessoas, seres humanos, organizações fisicas, juridicas e que existem analises financeiras, de processos de riscos, de viabilidade para negocios de nossa prefeitura, os senhores (as), que criticam pq não buscam conhecimento para ajudar os nossos eleitos para buscarmos a melhor forma de administrar para o povo.
 
Francisco Pontes em 14/03/2013 11:11:04
ESTÃO RECLAMANDO DO QUE?????????? NÃO ELEGEREM ELE AGORA TEMOS QUE SENTAR E FICAR OLHANDO A PALHAÇADA QUE O SENHOR PODEROSO PREFEITO ALCIDES BERNAL ESTA FAZENDO, ELE PODE NÉ O POVO COLOCOU ELE NO PODER, PRINCIPALMENTO OS FUNCIONARIOS PUBLICOS, POR QUE NÃO SE JUNTAM E TIRAM ESSE LOUCO DO PODER, HORA DE FAZERMOS ALGUMA COISA COM URGENCIAAAAAAAA
 
Ana Azevedo em 14/03/2013 11:01:47
como é q. é??? Bernal comprou apto de 1.700.00,00??!!!! isso sim é uma graaaaande mudança!!!
 
Alessandra Santos em 14/03/2013 10:40:43
Que vergonha esse prefeito de Campo Grande. Como campo-grandense me sinto envergonhado de ter esse Banal como prefeito da minha cidade. Nasci, sempre morei e sempre vou morar aqui e esse vagabundo não vai acabar com Campo Grande.. Vereadores, vcs já têm que começar analisar a possibilidade de impeachment, ou vão esperar o cara destruir tudo que foi feito de bom até hoje.
 
Antonio Silva em 14/03/2013 10:40:15
Agora os professores estão colhendo o fruto do que plantou, deram todo o apoio ao Bernal que era o candidato do povo agora olha ai!!!! Acho pouco a falta de respeito de nosso representante.
 
Eliane Silva em 14/03/2013 10:29:40
Eu to rindo a toa.... kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
 
Paulo Lopes em 14/03/2013 10:22:20
Vai ser dificil esperar 4 (quatro) anos pra tirar esse imcompetente do poder
 
Elizeu Moreira em 14/03/2013 09:16:51
os profissionais da saude tambem votaram no sr bernal será que estão satisfeitos com o novo prefeito?
 
jose damião em 14/03/2013 09:15:47
senhores professores não estão contentes com o prefeito que vcs elegeram?não queriam mudanças ? tai a mudança.....pra que chorar depois do leite derramado? quero saber agora quando o povo e os representantes do povo vão pra rua pedir pra ele sair.......
 
jose eduardo capos em 14/03/2013 09:14:25
Que gracinha, ja virou gozação nivel nacional.
 
Katia Pereira em 14/03/2013 09:13:41
QUEM ESTÁ MENTINDO???

O PREFEITO DISSE QUE O QUESTIONAMENTO DO AUMENTO PARTIU DO MP...

...O MP DISSE QUE PARTIU DO PREFEITO!!!

A POPULAÇÃO DEVE E PRECISA SABER QUEM É O MENTIROSO NESTA HISTÓRIA!!!
 
João Carlos Maciel em 14/03/2013 09:12:43
a verdade que essa quebra de braço de vereadores e prefeito esta prejudicando a populaçao vereadores façam algo de verdade ja acabou a eleiçao e prefeito foca na cidade na saude,educação e transporte que esta muito mal a ja muitos anos e ao povo vamos cobrar de todos
 
cesar wladimir em 14/03/2013 09:09:41
Esta ai a mudança que todos queriam, falta de ética do sr. Prefeito e Secretario de Educação junto a classe. Ele só vai fazer o que ele quer esta bem claro isso.
 
silvia guimaraes em 14/03/2013 08:50:46
O triste desta história toda e que temos que suportar toda essa incapacidade administrativa do Sr Bernal, ele se esquece que o prefeito agora é ele e que tem que assumir a responsabilidade, afinal de contas se sabia que não teria condições de gerir uma prefeitura, como a de nossa querida capital, que não brincasse de fazer politica e consequentemente brincasse com o povo que o elegeu, outra coisa ficar fazendo apologia a administração passada que por sinal foi extremamente competente é fácil, deixo aqui um alerta para o sr Bernal, assuma a responsabilidade que o povo lhe confiou, começe se é que teria condições a pensar nas suas promessas de campanha que aliás o levou a prefeitura, escolha pessoas comprometidas com nossa cidade e que realmente conheça e ame Campo Grande. SOS SOCORRO!!!!!
 
EDER DE OLIVEIRA CHAVES em 14/03/2013 08:23:35
Muito me admira o Alex do PT vir com este discurso fajuto de que o prefeito questionou o aumento do legislativo e executivo. Por que, então, ele não acionou o MP também? Sr. Alex, o povo até tem seus momentos de ignorância, como no caso de eleger alguém como Bernal, agora, tentar passar um atestado de burrice, especialmente aos professores presentes é um pouco demais, né??? Não se esqueça que está num partido que se diz TRABALHISTA, ou ao menos, era essa a ideologia inicial do PT.
 
Marcilene Dutra em 14/03/2013 08:05:37
Na hora da eleição apareceu tanto apoio a este atual prefeito e agora só tem desafeto, mas entendo que esta na hora de parar de criticar, por que não vai adiantar vamos ter que suportar isso por 4 anos e não se surpreendam se ele for reeleito. Agora o que ele tem que fazer é trabalhar, pra que a cidade no minimo permaneça como lhe foi entregue, já que tudo indica não vai melhorar.
 
Iracema Felix em 14/03/2013 08:00:31
E o Bernal? ta zuando todo mundo, só por Deus.
 
marinete moreira em 14/03/2013 07:51:39
Campo Grande está completamente sem comando, o Bernal acha que ser prefeito é ir no facebook ou na rádio postar ou dizer meia dúzia de palavras bonitas e pronto, mas a realidade é outra durante a campanha ele prometeu melhoras na área da saúde mas o que se vê é uma debandada geral dos médicos porque ele não está pagando, tudo ele quer resolver na Justiça como o aumento dos servidores, passados 75 dias de governo ainda há várias secretárias sem titulares, dispensou uma licitação de combustivel para contratar de forma direta pagando 40% mais caro, entre outras ações que aqui não caberiam mas fica a pergunta isso é administrar???
 
Jonas Dias em 14/03/2013 07:42:04
este e os demais assuntos que se relaciona com a atual administração do BERNAL dá nojo, da até vontade de sumir daqui, pois é uma vergonha total
 
ely monteiro em 14/03/2013 06:09:29
Olha, não é defendendo o Bernal mas o que é justo e correto. Primeiro nós temos que pensar que o prefeito seria massacrado na Câmara. Ele não tem um vereador sequer de seu partido, e os aliados, são inconstantes ou não possuem obrigação legal de apoiá-lo. E Davi contra Golias. Professores, no meu pensamento, devem ter os melhores salários do Brasil, ao contrário de muitos funcionários públicos, que após a estabilidade não querem mais trabalhar ou nos tratam muito mal. Devemos nos lembrar, ainda, que o prefeito quer moralizar a coisa pública, o aumento, virá, com certeza, mas ele não quer ser lacaio da administração passada que repassou aumento aos funcionários no sabor das eleições, com a clara intenção de obter votos, sem responsabilidade. Que Deus nos dê discernimento e sabedoria.
 
Luciano Correia em 14/03/2013 05:36:49
Ezio vc estah equivocado com esse comentario q vc fez, veja bem o povo nunca estah contente c/ nada, tudo eh motivo do Sr. Nelsinho ser o culpado do q estah acontecendo, mas a realidade eh outra o Bernal tem q descer do salto, ser humilde o suficiente p/ comandar uma gde cidade como esta e saber delegar as funcoes p/ os seus subordinado, acontece q o Bernal centraliza tudo nele e quer q as coisas andem? de liberdade p/ tabalharem, ai funciona, e parar de discutir assuntos sem futuro, como se sente ameacado, fazer b.o. q q eh isso, meu Deus do ceu vah trabalhar e parar de colocar a culpa no Sr. Nelsinho, esse sim foi um otimo prefeito. E o povo se arrependeu de ter eleito o Bernal, queriam as mudancas? esta ai a gde mudanca, ele mudando p/ um apto de 1.700.000 mil kkkkkkkkkkkk
 
saeko suzuki em 14/03/2013 00:56:08
Esse é o NOSSO PREFEITO, o que a maioria da população campograndense queria..
Queriam mudanças.. tá aí as mudanças. Quero ver até quando que vai durar essa palhaçada, cara covarde. E o Bernal? tá fazendo merda nenhuma...
 
Mary Freire em 13/03/2013 23:41:26
ele iria fazer oque lá se ele não tem como se defender acho é pouco para os professores que ficaram do lado dele nas eleiçoes não era isso que vcs quiriam mudança esta ai sua mudança
 
CINTHIA MARA VEIGA BARBOSA em 13/03/2013 22:37:27
O povo tem realmente o governo que merece! Esse Bernal começou mal, hein? O cara não quer saber de dialogar com ninguém e acha que vai conseguir governar disseminando conflito por aí. Uma coisa é ser rígido, buscar fazer o que é certo.... agora, outra coisa, e muito sem bom senso por sinal, é achar que tá com a corda toda e não querer negociar com ninguém...
 
Nara Ferreira em 13/03/2013 21:34:58
Quando se criam uma Lei para aumentar os tributos municipais (IPTU, ISS e outros) ninguém questiona se o contribuinte tem recursos para pagar esses impostos, Caso não pague, não cumprindo a Lei, é relacionado na Dívida Ativa e seus bens penhorados para garantir o pagamento. Nesse caso da Lei 5.060, que o Bernal não está pagando para os professores o piso de 1.567,00. O que poderá acontecer? Lei não é apra ser cumprida. Senhores Vereadores, guardiãs da Constituição Municipal vão ficar calados? Vocês, quando em campanha dizem que o papel do vereador é criar Leis, fiscalizar, cumprir e faze3r cumprir a Legislação em vigor. Está aí uma boa oportunidade para cumprir o prometido em campanha. Nós professores temos o direito, aprovado pelos vereadores, de ter o piso salarial de R$ 1.567,00
 
Álvaro Roberto em 13/03/2013 21:25:24
Nelsinho passou lábia nos funcionários públicos municipal durante oito anos como faz o governador do Estado.No finalzinho soltou uma bomba porque sabia que ia perder as eleições justamente por isso,e perdeu.
 
Ezio Jose em 13/03/2013 21:25:13
Covarde!!
 
Bruno Nodes em 13/03/2013 21:23:46
O nosso prefeito ja mostrou quem ele é, agora só temos que esperar para campo grande ser salvo dele! será que vamos conseguir aguentar este prefeito pelos quatro anos?
 
Aires Junior em 13/03/2013 20:34:54
E ai professores? Gostaram do grande desrespeito do prefeito com vocês? A maioria votaram nele, agora sintam as consequências.
 
Leila Carmo em 13/03/2013 20:28:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions