A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

11/03/2013 12:35

Bernal recua e desiste de cancelar reajuste de 22% para professores

Aline dos Santos
Professores pressionaram para não perder reajuste. (Foto: Marlon Ganassin/Arquivo)Professores pressionaram para não perder reajuste. (Foto: Marlon Ganassin/Arquivo)

O reajuste de 22,22% para professores da rede municipal de Campo Grande, aplicado no ano passado, será mantido. O martelo foi batido nesta segunda-feira, durante reunião entre o prefeito Alcides Bernal (PP) e a diretoria da ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública). Depois de acionar o MPE (Ministério Público Estadual) para rever o benefício previsto na Lei 50.060, Bernal recuou.

De acordo com o presidente da entidade, Geraldo Alves Gonçalves, o prefeito afirmou que o reajuste não será anulado. “Ele fez um discurso. Citou as dificuldades que encontrou quando assumiu a Prefeitura. E nós falamos que não cabe ao sindicato entender de administração pública ou contabilidade pública, mas garantir o cumprimento da Lei do Piso e a valorização dos trabalhadores”, afirma.

Curiosamente, Bernal garantiu que cumprirá o acordo independente da posição do Ministério Público. No entanto, foi a própria Prefeitura que provocou o órgão fiscalizador para verificar a legalidade da lei do reajuste.

O risco de perder o direito já conquistado levou à convocação de uma audiência pública na Câmara Municipal. A reunião marcada para a quarta-feira, a partir das 17h, foi mantida. “A audiência não foi convocada pelo sindicato, que nem tem esse poder, mas pela Comissão de Educação da Câmara”, explica o presidente da ACP.

O reajuste de 22,22% foi aplicado em três etapas: 7% em maio, 7% em outubro e 8.22% em dezembro. Conforme Geraldo, o resultado da reunião de duas horas no gabinete do prefeito trouxe alívio para a categoria, que estava insegura diante da iminente redução salarial.

Já o aumento para 2013 ficou de fora do diálogo e, por enquanto, é tratado somente de forma burocrática. Na última terça-feira, quando Bernal estava em Brasília, a ACP protocolou ofício abrindo negociação salarial.

A data-base da categoria é primeiro de maio, mas a negociação antecipada tenta garantir acordo. O sindicato quer piso de R$ 1.567 para 20 horas semanais do magistério. Atualmente, a rede municipal de ensino paga R$ 1.191,02. São 5,5 mil professores.

Segundo Geraldo, o tema não foi discutido hoje porque “não estava em pauta”. Também participaram da reunião o vereador Marcos Alex (PT), líder do prefeito na Câmara, o titular da Seplanfic (Secretaria de Planejamento, Finanças e Controle), Wanderlei Ben Hur da Silva, e a secretária de Políticas e Ações Sociais e Cidadania, Thaís Helena Vieira Rosa Gomes.



Ainda estou acreditando no meu prefeito,por estar no inicio do seu mandato ele pode estar arrumando a casa. Espero ele ele nao decpiciona eu nem outros eleitores.
 
Evap Picolomini Monteiro em 13/03/2013 10:03:13
Senhor João Santos se prepare para a guerra. O nosso aumento este ano, caso tiver, vai ser muito dificil de negociar. Ah, um esclarecimento, nem todo professsor votou no Bernal, tá?
 
Paulo Assis Mello em 11/03/2013 22:27:04
Quero ver o nosso aumento, este ano? Professores,
isto é só o começo da dor de cabeça. Se ele entrou no MP contra o aumento que já estávamos recebendo, imagina aumentar o nosso salário? Agora vocês vão sentir na pele, o voto de protesto.
 
Antonio Silva em 11/03/2013 22:20:44
Quando se ganha bem você trabalha satisfeito produz mais,e só ver nossos vereadores aumentaram seus salários em mais de 60% rapidinho e quando se fala em reajuste dos funcionários começa a polemica. Pais educado tem desenvolvimento e só ver o japão que tanto admiramos.
 
renato peral em 11/03/2013 19:34:05
Votamos no Sr. Prefeito Bernal, acreditando que valorizará a educação municipal, continuando o trabalho muito bem feito pelo prefeito anterior, Nelsinho. Por favor Sr Prefeito, não coloque os pés pelas mãos, seja coerente, o povo ainda continua lhe dando apoio, aproveite a situação e mostre serviço.
 
Marcos Morian em 11/03/2013 18:43:18
Já lemos que a Coréia do Sul a 50 anos atrás poderia ser comparada a Bolívia. Com área territorial igual ao município de Corumbá mais 10%, tem quase metade do território montanhoso e, uma boa parte do ano sofre com muito frio. Investiram pesado na educação integral e, hoje tem menos de 1% de analfabetos e 85% dos jovens frequentam Universidades. É a 14ª economia mundial. Temos que recuperar, valorizar o nosso Professor, a nossa Educação. Temos que agir com mais celeridade...
 
valdomiro parron lopes em 11/03/2013 17:20:52
O CARA SÓ ESTA TRABALHANDO A BASE DE AMEAÇAS , POIS OS PROFESSORES AMEAÇARAM ENTRAR EM GREVE E ELE O PREFEITINHO JÁ RECUOU DE CORTAR O QUE É DE DIREITO DOS PROFESSORES. TEM QUE SER NA BASE DA GREVE NÉ BERNAL?
 
ELY MONTEIRO em 11/03/2013 16:41:43
Meu velho pai sempre dizia: "cavalo de paraguaio só tem largada". Desculpe a comparação, mas isso é só barulho mesmo!
 
hélade dorneles em 11/03/2013 16:31:58
Acho que nem o Bernal entende as atitudes dele mesmo..
 
paulo matos em 11/03/2013 15:51:21
Na verdade ele não recuou. Pode esperar que ele vai descontar isso nas costas de alguém.
 
Leonardo Reis em 11/03/2013 14:45:48
OS GOVERNANTES NÃO VÊEM, QUE A EDUCAÇÃO, É O CARRO CHEFE DE TUDO EM QUALQUER ATIVIDADE, SE EDUCAMOS BEM, SERÁ VINDO UM FUTURO PROFESSOR, O NOME DIZ, MESTRE DOS MESTRES, SÓ PODENDO PERDER PARA DEUS, POIS O PROFESSOR, TERÁ QUE SER EXCELENTEMENTE REMUNERADO, PORQUE ELE, QUE INSTRUI OS FUTUROS, ENTÃO POLÍTICOS, PARECE QUE VOCÊS SÃO ANALFABETOS, NÃO LEMBRAM DOS EXCELENTES PROFESSORES, PENSEM BEM, NO PAÍS, TERIA E TERÁ QUE SER O MELHOR SALÁRIO, POIS SÃO DELES, QUE SAEM OS MÉDICOS, ADVOGADOS, PRESIDENTES DE REPÚBLICA, ENFIM, TODAS PROFISSÕES, SAÍRAM, E SAIRÃO DAS MÃOS DOS PROFESSORES, PAIS, AJUDEM O BRASIL, CAMINHAR SADIAMENTE, AJUDE UM PROFESSOR, SEU DEFENSOR, POIS FILHO SÁBIO, É PAI E PAÍS SOSSEGADO, QUE DEUS ABENÇÕE, PARABÉNS, BERNAL, AUMENTE MAIS O PERCENTUAL, EX ALUNO PEDRO BRAGA.
 
PEDRO BRAGA em 11/03/2013 14:11:40
PARABÉNS AOS PROFESSORES, É ISSO AI VOTAMOS NO BERNAL PARA MELHORAR A SITUAÇÃO E NÃO PIORAR, ESPERO QUE O PREFEITO NÃO CORTE MAIS NADA.
 
João Santos em 11/03/2013 13:48:00
OU O SR. BERNAL ENTRA NOS TRILHOS OU DESCARRILHA!
NÃO TÁ VENDO QUE NÃO DÁ PARA COMPRAR BRIGA COM O MUNICIPIO TODO!
SE ELE COMEÇAR A TRABALHAR CALADINHO, JÁ SERÁ UM GRANDE PASSO RUMO AO SUCESSO!
 
SILMAR OLIVEIRA em 11/03/2013 13:08:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions