A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

02/11/2012 12:19

Bernal pode ir a SP para conhecer modelo de saúde

Fabiano Arruda
Bernal planejaria ida à capital paulista na companhia de Reinaldo Azambuja. (Foto: MInamar Junior)Bernal planejaria ida à capital paulista na companhia de Reinaldo Azambuja. (Foto: MInamar Junior)

O prefeito eleito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), pode viajar para São Paulo (SP) nas próximas semanas para conhecer o modelo de saúde pública.

A viagem seria feita na companhia de Reinaldo Azambuja (PSDB) para conhecer a gestão do governo Geraldo Alckmin, do mesmo partido do deputado federal que concorreu à Prefeitura da Capital neste ano e, no segundo turno, declarou apoio a Bernal.

A saúde pública foi o principal tema discutido entre os candidatos na campanha, apontado pela população como principal desafio do próximo prefeito e assumido pelo progressista como prioridade em seu mandato.

Em São Paulo, o governo estadual implantou o conceito de regionalização da saúde, que contempla o usuário do SUS em sua região para que os pacientes sejam atendidos em diferentes regiões do Estado sem precisar viajar para a capital, além de oferecer centros de excelência para atendimento no SUS, como o Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, o Hospital de Transplantes e a Santa Casa de Misericórdia.

Nessa mecânica, com referências em cada região da cidade, ou departamentos regionais de saúde, uma das intenções é evitar a “ambulancioterapia”, que são os longos percursos de deslocamento dos pacientes.

Além disso, a carreira de gestor da saúde, bem como a elaboração de planos regionais, são outros pontos dentro da filosofia do governo de SP.

Segundo o vereador Athayde Nery (PPS), uma das pessoas mais próximas de Bernal na fase de transição de governo, o prefeito eleito deve viajar para Brasília (DF). E, para se cercar de informações no intuito de buscar diretrizes de ações que vai desenvolver ao longo de quatro anos, disse que o progressista pode fazer intercâmbios em outras cidades, como São Paulo, para buscar exemplos como contratação de profissionais e funcionamento dos postos de saúde.

Procurado pelo Campo Grande News, Bernal negou que irá fazer a viagem e reclamou do volume de especulações. Garantiu que, por enquanto, está focado em formar sua equipe de transição. 



Jamais Sao Paulo seria uma referencia p/ a saude Bernal, acorda cara promessa de campanha vc tem q cumprir, se vira peao.................
 
saeko suzuki em 04/11/2012 07:55:39
Tomara que o Sr Bernal tenha juiso!! esse PSDB, PT não tem nenhuma difrença do PMDB. Esse Azambuja não é especialista em nada!! e o o governo de SP não é exemplo para nenhuma adimistração no Brarsil, cuidado!!!
 
jair oliveira em 03/11/2012 13:21:22
Bernal, já que vai para São Paulo, aproveite e faça um teste no "Detentor de Mentiras", e veja quantas "cabeludas" você contou durante a campanha.
Quanto a saúde, pode ter certeza que Campo Grande é bem mais sadia que São Paulo.
Começe construindo o hospital municipal que você prometeu, já será um bom início.
 
VALDIR VILLA NOVA em 03/11/2012 10:36:01
Bernal, durante sua campanha, você disse que consertaria a saúde de Campo Grande, mas não disse que copiaria o modelo de São Paulo.
Você não vê as matérias que a TV divulga, metendo o pau na saúde de São Paulo ?
Você quer uma solução para o problema ? Coloque o Zeca na Secretaria da Saúde. Durante toda a campanha ele meteu a boca no Nelsinho e no André, dizendo que mesmo os dois sendo médicos, não consertaram a saúde de Campo Grande.
Quem sabe ele tenha alguma idéia brilhante para a saúde.
Quando o Zeca foi governador, ele deveria ter equipado os hospitais do interior, assim evitaria que os doentes de outros municipios venham para os hospitais da Capital.
O cara é bom de gogó, mas na prática a coisa muda.
 
VALDIR VILLA NOVA em 03/11/2012 09:17:40
AI POVÃO !!! MAIS UMA VEZ ELE ESTA COM MEDO KKKK PARECE QUE SÓ VAI EM COMPANHIA DE OUTRO É UM MAIRIA VAI COM AS OUTRAS KKKKKKKKKKKKKK
 
ELY MONTEIRO em 03/11/2012 06:43:07
Ou vai passear!
 
William Dias Gomes em 03/11/2012 00:34:37
Quero compartilhar com o povo de Camppo Grande,no sentido de que o dinheiro da iluminação pública pode ser usado na construção do hospital municipal,e manutenção do mesmo pois é muito dinheiro que se arrecada e não vemos planilha e isso sim é que tem que ser mostrado para o ppovo quanto se arrecada.
 
luiz carlos santos messias em 02/11/2012 22:05:44
Ué! O então candidato não fez promessas na campanha e que no seu programa na questão da saude iria melhorar em 100%? Nem bem assumiu a prefeitura e já vai ao estado vizinho pra saber o q fazer na saude dos campograndense? O pior que votei nele, acreditando que a partir de janeiro/13 as coisas iriam mudar da agua p o vinho. Não começa cedo não,hein Bernal.Faça o que vc prometeu fazer e não começe a enrolar não.
 
samuel gomes-campo grande em 02/11/2012 21:32:01
O principal problema dos postos é a falta de gestão administrativa com pulso e responsabilidde. Cada um tem que cumprir o que está no contrato, começa por ai. Quando você mistura política com serviço não funciona. A maioria dos médicos não cumpre o horario e recebe normal. Eu conheço bem isso no Estado.
 
luiz alves em 02/11/2012 21:31:37
Isso é mais do que bizarro. Onde já se viu alguém buscar uma inspiração no que chamamos de saúde EM São Paulo??????

O SAMU da nossa capital é referência nacional, meus amigos.
Quem precisa de inspiração aqui, na verdade, são eles.

Esse Bernal é uma vergonha.
 
Hélcio Franco em 02/11/2012 20:38:39
é.. cso isso aconteça parabéns! agora o prefeito eleito - caso ele vá mesmo a são paulo- quer comparar aquela cidade com Campo Grande? FAça-me o favor. Uma coisa é uma coisa. Outra coisa, é outra coisa.
 
Gilson Giordano em 02/11/2012 19:13:59
È prá acabar, o cara ir buscar funcionários em SP, cadê o cara que ia valorizar os funcionários de carreira??? Deus que nos proteja desse Prefeito...
 
Tairine Nascimento em 02/11/2012 17:32:15
Torço pelo governo do prefeito eleito, mas SP esta longe de ser modelo em qualquer coisa, muito menos na saúde.SP é o estado mais rico da federação e o mais importante, mais é o que mais paga mal o trabalhador da segurança, saúde, e educação.Parece que o prefeito Bernal esta com tendêcia de ser manipulado pelo PT e PSDB.Quero lembrar ele, mesmo sem o apoio no segundo turno desses dois partido ele seria eleito, porque o povo estava decidido mudar, e tambem não quis o SR Azambuja porque ele tambem representa esta casta que sempre esteve no poder.Com isso quero dizer que sua responsabilidade é grande. O povo escolheu alguem do povo como ele que não é rico, nem representante de oligarquia politica,foi por isso que o povo escolheu sua pessoa.
 
Roberto nunes em 02/11/2012 16:54:16
já morei no interior de são Paulo, em duas cidades e conheço várias cidades da região! Não acho que a saúde pública do estado de São Paulo seja melhor que de Campo Grande! Principalmente para idosos. Minha mãe de 70 anos tem um atendimento como nunca vi em outras cidades! Parabéns, para Campo Grande!!!!
 
Rubens Takiguchi em 02/11/2012 14:20:48
POR FAVOR SR. PREFEITO NÃO PARE EM CAMPINAS!
 
Jorge Miranda em 02/11/2012 14:15:26
O problema não é o modelo que se adota e sim os salários que são pagos e as condições de trabalho.
Mutirão, BERNAL, sem a respectiva remuneração não pega. Todos são profissionais que dedicaram grande parte da sua vida para sua formação.
 
Eveline Peters em 02/11/2012 13:14:13
O modelo de gestão em Campo Grande é o ideal e já é referência no país. Agora eles vão regredir buscando em outros lugares e desfazer o que já é bom. A proposta era humanizar e não acabar com o que já existe. O fiasco já está as portas, já vi que estão totalmente perdidos. Mandeta neles.
 
Genemir Almirante em 02/11/2012 12:43:42
esperamos que realmente faça a diferença na Saude, nao como Sao Paulo Fez tercerizando seus serviços , queremos serviços de Saude publica de qualidade e nao a Tercerizaçao como exenmplo Sao Paulo....
 
SEBASTIAO ARINOS JUNIOR em 02/11/2012 12:42:09
Que contradição, hem futuro prefeito. Falou que vai construir o hospital municipal e agora descobre que o modelo é descentralizar (KKKK), o Hospital municipal é quem vai transformar na correria de ambulância, pois o povo as vezes não tem passe para se deslocar. O Azambuja falava em construir um hospital infantil com mesmo conceito centralizar (Santa ignorância). Os dois estão mais perdidos que tudo. E chumbo no povão.
 
Andrey Fontenello em 02/11/2012 12:40:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions