A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

03/12/2011 20:50

Bernal rejeita secretaria e afirma que Matos é escolhido de Trad e não do PP

Wendell Reis

O presidente estadual do PP e pré-candidato a prefeitura de Campo Grande, Alcides Bernal, informou nesta tarde (3) ao Campo Grande News que não acredita que o prefeito da Capital, Nelson Trad Filho (PMDB), vá afastar os secretários filiados a partidos que não apoiarem o PMDB nas eleições de 2012. Além disso, Bernal afirma que o presidente municipal do PP e secretário da Emha (Empresa Municipal de Habitação), Paulo Matos, não representa o partido na administração de Campo Grande.

Bernal alega que o prefeito falou mal dos secretários e afirmou que demitiria todos, mas acabou mantendo todo mundo no cargo. Assim, não acredita que Trad vai afastar os secretários. Bernal afirma que o PP não faz parte da administração de Nelsinho e que Paulo Matos está à frente da Emha por escolha pessoal de Nelson Trad.

Bernal apóia a decisão do prefeito de mudar os secretários que não apoiarem o candidato do PMDB em 2012. Bernal e Paulo Matos vivem em guerra dentro do PP. Enquanto Matos defende aliança com Trad, Bernal quer ser candidato no grupo de oposição a atual administração.

Trad declarou na manhã de ontem (2) que além da saída da primeira-dama Maria Antonieta da função de secretária, a Prefeitura pode ter mais mudanças até o fim do ano nos cargos ocupados por integrantes de partidos que podem não estar ao lado do PMDB nas eleições de 2012. Ao falar da saída, o prefeito afirmou que o tempo de adaptação de um secretário ou presidente de fundação é de no mínimo 90 dias, o que justificaria a antecipação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions