A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Março de 2019

12/11/2018 17:34

Bolsonaro cogita o nome de Mandetta para Ministério da Saúde

Deputado federal do DEM, que não se candidatou, fica sem mandato a partir de janeiro

Marta Ferreira
Deputado federal, Luiz Henrique Mandetta, durante sessão em Brasília (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)Deputado federal, Luiz Henrique Mandetta, durante sessão em Brasília (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse hoje (12) à Agência Brasil que está examinando o nome do deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS) para assumir o Ministério da Saúde. O nome de Mandetta vem sendo cogitado para a função já há alguns dias.

Segundo a agência Brasil, o deputado, que ficará sem mandato em janeiro de 2019, se reuniu de manhã com Bolsonaro e a possibilidade de assumir a pasta foi conversada. Ortopetista pediátrico, ele já foi secretário de saúde em Campo Grande na gestão do primo, Nelson Trad Filho, eleito senador este ano pelo PTB.

À Agência Brasil, Bolsonaro disse que Mandetta, se for nomeado para a Saúde terá missões específicas. “Tem que tapar os ralos”, afirmou. “Queremos facilitar a vida do cidadão e economizar recursos”, acrescentou o presidente eleito, em defesa da implantação do prontuário eletrônico. “Não temos como falar em investir mais em saúde porque estamos no limite em todas as áreas.”

Na semana passada, diante dos rumores de que assumiria a Saúde, Mandetta negou qualquer convite, em entrevista ao Campo Grande News. Caso seja mesmo escolhido, seria o segundo nome do Estado no Ministério de Bolsonaro, depois da deputada federal Tereza Cristina, escolhida para o Ministério da Agricultura. 

No Portal Uol, a declaração dada por Bolsonaro é de que tem conversado com Mandetta e "ele tem reportado as questões ligadas à saúde comigo". A reportagem ligou para o deputado, que não atendeu as ligações.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions